PRECÁRIOS INFLEXÍVEIS – MINISTÉRIO PÚBLICO DEIXA CAIR ACUSAÇÃO SOBRE 231 MANIFESTANTES DA GREVE GERAL

banner_1ano_A

999822_517591235001955_1737456864_n-300x200O Ministério Público resolveu ontem arquivar o processo contra as 231 pessoas que se manifestaram no final de tarde da última Greve Geral e que a PSP tinha acusado dos crimes de: atentado à segurança de transporte rodoviário; desobediência qualificada; difamação agravada; e ofensa à integridade física por negligência.

De acordo com a polícia, estes manifestantes queriam ocupar a ponte 25 de Abril, mas o Ministério Público não conseguiu encontrar nenhuma dos crimes de que a polícia os acusava.

As coisas têm de ser claras: só numa ditadura há “manifestações ilegais” e em democracia todas as pessoas têm o direito de se manifestar. Assim, é a atuação da polícia que pode ser posta em causa naquele dia, nomeadamente por terem impedido aquelas 231 pessoas de saírem da caixa policial montada.

Notícia aqui.

Leave a Reply