Posts Tagged: repressão policial

UM OLHAR JURÍDICO SOBRE A ATUALIDADE – DIDIER LALLEMENT – DESPREZO PELAS PESSOAS, DESPREZO PELAS LEIS, por RÉGIS DE CASTELNAU

    Didier Lallement: mépris des gens, mépris des lois, por Régis de Castelnau Vu du Droit, 19 de Novembro de 2019 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota     Um guarda vigilante sem problemas de consciência A confissão

UM OLHAR JURÍDICO SOBRE A ATUALIDADE – DIDIER LALLEMENT – DESPREZO PELAS PESSOAS, DESPREZO PELAS LEIS, por RÉGIS DE CASTELNAU

    Didier Lallement: mépris des gens, mépris des lois, por Régis de Castelnau Vu du Droit, 19 de Novembro de 2019 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota     Um guarda vigilante sem problemas de consciência A confissão

PITIÉ-SALPÊTRIÈRE: O MINISTRO CHRISTOPHE CASTANER NÃO GOSTA DA VERDADE – UM MINISTRO DIGNO DO SEU PRESIDENTE – por RÉGIS DE CASTELNAU

Régis de Castelnau (Original aqui) – 4 maio 2019- Publicação autorizada Selecção, introdução  e tradução de Júlio Marques Mota   Meus caros Será Macron diferente de Orban e de outros populistas  de direita pregando uma coisa e fazendo outra, pondo de uma

PITIÉ-SALPÊTRIÈRE: O MINISTRO CHRISTOPHE CASTANER NÃO GOSTA DA VERDADE – UM MINISTRO DIGNO DO SEU PRESIDENTE – por RÉGIS DE CASTELNAU

Régis de Castelnau (Original aqui) – 4 maio 2019- Publicação autorizada Selecção, introdução  e tradução de Júlio Marques Mota   Meus caros Será Macron diferente de Orban e de outros populistas  de direita pregando uma coisa e fazendo outra, pondo de uma

JÁ HOUVE UM PODER QUE FEZ PASSAR OS MANIFESTANTES POR VÂNDALOS, por RÉGIS DE CASTELNAU

Já houve um poder que fez passar os manifestantes por vândalos Os leitores não são obrigatoriamente conspiracionistas ( ver aqui ) Régis de Castelnau, Un pouvoir a déjà fait passer des manifestants pour des casseurs… vous n’êtes pas (forcément) complotistes…

JÁ HOUVE UM PODER QUE FEZ PASSAR OS MANIFESTANTES POR VÂNDALOS, por RÉGIS DE CASTELNAU

Já houve um poder que fez passar os manifestantes por vândalos Os leitores não são obrigatoriamente conspiracionistas ( ver aqui ) Régis de Castelnau, Un pouvoir a déjà fait passer des manifestants pour des casseurs… vous n’êtes pas (forcément) complotistes…

SINAIS DE FOGO – BRASIL – A PAZ DOS CEMITÉRIOS NÃO CALA A REVOLTA – por Soares Novais

    Paulo Sérgio Almeida Nascimento. George de Andrade Lima Rodrigues. Carlos António dos Santos, o “Carlão” Leandro Altenir Ribeiro Ribas. Márcio Oliveira Matos. Valdemir Resplandes. Jefferson Marcelo do Nascimento. Clodoaldo do Santos. Valdenir Juventino Izidoro, o “Lobó”. Luís César

SINAIS DE FOGO – BRASIL – A PAZ DOS CEMITÉRIOS NÃO CALA A REVOLTA – por Soares Novais

    Paulo Sérgio Almeida Nascimento. George de Andrade Lima Rodrigues. Carlos António dos Santos, o “Carlão” Leandro Altenir Ribeiro Ribas. Márcio Oliveira Matos. Valdemir Resplandes. Jefferson Marcelo do Nascimento. Clodoaldo do Santos. Valdenir Juventino Izidoro, o “Lobó”. Luís César

BRASIL – POLÍCIA GAÚCHA CRIMINALIZA GRUPOS ANARQUISTAS E COLETIVOS CULTURAIS, por MARCO WEISSHEIMER e GUILHERME SANTOS

Polícia gaúcha criminaliza grupos anarquistas e coletivos culturais *Texto: Marco Weissheimer *Fotos: Guilherme Santos/Sul 21 *Com edição do ANDES-SN Orlando Vitor foi acordado às seis horas da manhã, no dia 25 de outubro, com a Polícia Civil batendo à porta

BRASIL – POLÍCIA GAÚCHA CRIMINALIZA GRUPOS ANARQUISTAS E COLETIVOS CULTURAIS, por MARCO WEISSHEIMER e GUILHERME SANTOS

Polícia gaúcha criminaliza grupos anarquistas e coletivos culturais *Texto: Marco Weissheimer *Fotos: Guilherme Santos/Sul 21 *Com edição do ANDES-SN Orlando Vitor foi acordado às seis horas da manhã, no dia 25 de outubro, com a Polícia Civil batendo à porta

A GALIZA COMO TAREFA – spero lucem… – Ernesto V. Souza

PAXAROS; PEIXES, E HOMES, DE DISTINTA CASTA SON : AQUELLES CÓMENSE ASADOS, PERO ¿OS RACIONALES ? NON. Manuel Pardo de Andrade, 1841 Não há tantos anos, uma, duas décadas talvez, naquele remoto Reino da Espanha parecia claro que se consolidara a democracia;

A GALIZA COMO TAREFA – spero lucem… – Ernesto V. Souza

PAXAROS; PEIXES, E HOMES, DE DISTINTA CASTA SON : AQUELLES CÓMENSE ASADOS, PERO ¿OS RACIONALES ? NON. Manuel Pardo de Andrade, 1841 Não há tantos anos, uma, duas décadas talvez, naquele remoto Reino da Espanha parecia claro que se consolidara a democracia;

CORREIO DA CIDADANIA – ANISTIA INTERNACIONAL: “OLIMPÍADAS FORAM GRANDE OPORTUNIDADE PERDIDA DE DEIXAR LEGADO POSITIVO PARA A CIDADE”, por RAPHAEL SANZ.

OBRIGADO A RENATA NEDER, RAPHAEL SANZ E CORREIO DA CIDADANIA Raphael Sanz, 22 de Agosto de 2016 Dias antes da abertura dos Jogos Olímpicos, a Anistia Internacional denunciou que 2651 pessoas haviam sido mortas pelas polícias no Rio de Janeiro

CORREIO DA CIDADANIA – ANISTIA INTERNACIONAL: “OLIMPÍADAS FORAM GRANDE OPORTUNIDADE PERDIDA DE DEIXAR LEGADO POSITIVO PARA A CIDADE”, por RAPHAEL SANZ.

OBRIGADO A RENATA NEDER, RAPHAEL SANZ E CORREIO DA CIDADANIA Raphael Sanz, 22 de Agosto de 2016 Dias antes da abertura dos Jogos Olímpicos, a Anistia Internacional denunciou que 2651 pessoas haviam sido mortas pelas polícias no Rio de Janeiro

CORREIO DA CIDADANIA – LUTA CONTRA O AUMENTO DAS PASSAGENS EM SÃO PAULO MOSTRA O QUE VIRÁ EM 2016

OBRIGADO A RAPHAEL SANZ E AO CORREIO DA CIDADANIA Raphael Sanz, 20 de Janeiro de 2016 É essencial entender o que está acontecendo, despindo-se de ideias pré-concebidas sobre os atores em questão. Podemos começar falando sobre a cobertura da imprensa,

CORREIO DA CIDADANIA – LUTA CONTRA O AUMENTO DAS PASSAGENS EM SÃO PAULO MOSTRA O QUE VIRÁ EM 2016

OBRIGADO A RAPHAEL SANZ E AO CORREIO DA CIDADANIA Raphael Sanz, 20 de Janeiro de 2016 É essencial entender o que está acontecendo, despindo-se de ideias pré-concebidas sobre os atores em questão. Podemos começar falando sobre a cobertura da imprensa,

CORREIO DA CIDADANIA – PARANÁ: GENEALOGIA DE UM MASSACRE – por GILBERTO CALIL

 OBRIGADO A GILBERTO CALIL E AO CORREIO DA CIDADANIA A violenta repressão policial contra professores, estudantes e servidores públicos do estado do Paraná, no dia 29 de abril de 2015, teve repercussão mundial. O massacre perpetrado por um assustador contingente

CORREIO DA CIDADANIA – PARANÁ: GENEALOGIA DE UM MASSACRE – por GILBERTO CALIL

 OBRIGADO A GILBERTO CALIL E AO CORREIO DA CIDADANIA A violenta repressão policial contra professores, estudantes e servidores públicos do estado do Paraná, no dia 29 de abril de 2015, teve repercussão mundial. O massacre perpetrado por um assustador contingente

CORREIO DA CIDADANIA – A SEMANA SÓ TEVE PAZ NO CEMITÉRIO – por GABRIEL BRITO

Obrigado a Gabriel Brito e ao Correio da Cidadania  Gabriel de Brito, 18 de Setembro de 2014   Ainda não são 8 horas da manhã e o inconfundível rasgo das hélices ecoa por todas as ruas e correntes de ar

CORREIO DA CIDADANIA – A SEMANA SÓ TEVE PAZ NO CEMITÉRIO – por GABRIEL BRITO

Obrigado a Gabriel Brito e ao Correio da Cidadania  Gabriel de Brito, 18 de Setembro de 2014   Ainda não são 8 horas da manhã e o inconfundível rasgo das hélices ecoa por todas as ruas e correntes de ar

O INIMIGO INTERNO É, NO CONCEITO DE PACIFICAÇÃO DE HOJE, O POVO TODO DAS FAVELAS – ENTREVISTA A MARIA HELENA MOREIRA ALVES, por VIVIANE TAVARES, e fotografia de TOMAZ SILVA.

Obrigado a Maria Helena Moreira Alves, Viviane Tavares, Tomas Silva e Camilo Joseph O inimigo interno é, no conceito de pacificação de hoje, o povo todo das favelas Movimentos sociais protestam, em frente à favela Nova Holanda, no Complexo da

O INIMIGO INTERNO É, NO CONCEITO DE PACIFICAÇÃO DE HOJE, O POVO TODO DAS FAVELAS – ENTREVISTA A MARIA HELENA MOREIRA ALVES, por VIVIANE TAVARES, e fotografia de TOMAZ SILVA.

Obrigado a Maria Helena Moreira Alves, Viviane Tavares, Tomas Silva e Camilo Joseph O inimigo interno é, no conceito de pacificação de hoje, o povo todo das favelas Movimentos sociais protestam, em frente à favela Nova Holanda, no Complexo da

COMUNICADO DA ATTAC – FRANÇA. TRADUÇÃO DE JÚLIO MARQUES MOTA

 Um comunicado de Attac A repressão contra os movimentos sociais tornou-se uma rotina diária no nosso país, sob Manuel Valls, sob Hollande,  como sob Brice Hortefeux, sob Sarkozy, e sobretudo  contra os sem-abrigo ou contra os desempregados. Jean-Baptiste Eyraud severamente

COMUNICADO DA ATTAC – FRANÇA. TRADUÇÃO DE JÚLIO MARQUES MOTA

 Um comunicado de Attac A repressão contra os movimentos sociais tornou-se uma rotina diária no nosso país, sob Manuel Valls, sob Hollande,  como sob Brice Hortefeux, sob Sarkozy, e sobretudo  contra os sem-abrigo ou contra os desempregados. Jean-Baptiste Eyraud severamente

RETRATOS, IMAGENS, SÍNTESE DOS EFEITOS DA CRISE DA ZONA EURO SOBRE CADA PAÍS

Selecção e tradução por Júlio Marques Mota A caminho de um estado policial: a Espanha está a aumentar o seu orçamento anti-motins em  1900% num só ano http://actualidad.rt.com/actualidad/view/100090-espa%C3%B1a-armas-antidisturbios-noletales Não são,  portanto,  só os Estados Unidos que se estão a  preparar 

RETRATOS, IMAGENS, SÍNTESE DOS EFEITOS DA CRISE DA ZONA EURO SOBRE CADA PAÍS

Selecção e tradução por Júlio Marques Mota A caminho de um estado policial: a Espanha está a aumentar o seu orçamento anti-motins em  1900% num só ano http://actualidad.rt.com/actualidad/view/100090-espa%C3%B1a-armas-antidisturbios-noletales Não são,  portanto,  só os Estados Unidos que se estão a  preparar 

PRECÁRIOS INFLEXÍVEIS – MINISTÉRIO PÚBLICO DEIXA CAIR ACUSAÇÃO SOBRE 231 MANIFESTANTES DA GREVE GERAL

O Ministério Público resolveu ontem arquivar o processo contra as 231 pessoas que se manifestaram no final de tarde da última Greve Geral e que a PSP tinha acusado dos crimes de: atentado à segurança de transporte rodoviário; desobediência qualificada;

PRECÁRIOS INFLEXÍVEIS – MINISTÉRIO PÚBLICO DEIXA CAIR ACUSAÇÃO SOBRE 231 MANIFESTANTES DA GREVE GERAL

O Ministério Público resolveu ontem arquivar o processo contra as 231 pessoas que se manifestaram no final de tarde da última Greve Geral e que a PSP tinha acusado dos crimes de: atentado à segurança de transporte rodoviário; desobediência qualificada;

PEQUENAS NOTÍCIAS DE UM PAÍS OUTRORA LIVRE E AGORA PAÍS SITIADO; NOTÍCIAS DE UM PAÍS QUE LIVRE ISSO HÁ DE VOLTAR A SER

Selecção e tradução por Júlio Marques Mota 1. Operação   “Thetis”: as rusgas sobre os toxicómanos continuam-se a realizar  em Atenas” A operação Thetis organizada pela polícia está ainda a decorrer em cooperação com organizações do Ministério das Saúde. No âmbito

PEQUENAS NOTÍCIAS DE UM PAÍS OUTRORA LIVRE E AGORA PAÍS SITIADO; NOTÍCIAS DE UM PAÍS QUE LIVRE ISSO HÁ DE VOLTAR A SER

Selecção e tradução por Júlio Marques Mota 1. Operação   “Thetis”: as rusgas sobre os toxicómanos continuam-se a realizar  em Atenas” A operação Thetis organizada pela polícia está ainda a decorrer em cooperação com organizações do Ministério das Saúde. No âmbito