PRECÁRIOS INFLEXÍVEIS: DESPEDIR É FÁCIL, É BARATO, DÁ MILHÕES

banner_pi_verde

despedir é baratoDe um ano para o outro, com as alterações à lei laboral do Governo de Passos e Portas, Portugal tornou-se um dos 3 países onde é mais fácil realizar um despedimento coletivo, a par da Coreia e de Israel.

Este ranking de “facilidade do despedimento coletivo” da OCDE tem em conta a facilidade do processo, as indemnizações e o pré-aviso que tem de ser dado ao trabalhador, e em Portugal é fácil, é barato e dá milhões aos patrões.

Os patrões sempre disseram que era a dificuldade em despedir que aumentava o recurso a falsos recibos verdes e contratos a prazo para funções permanentes e que o desemprego cairia quando fosse mais fácil despedir. Ora, nunca foi tão fácil despedir e nunca houve tanto desemprego ou precariedade.

O relatório da OCDE chega mesmo a afirmar que a crise económica é que facilitou a “amplitude das reformas considerável” na legislação laboral. A troika serve, também, para isto.

Leave a Reply