POESIA AO AMANHECER – 269 – por Manuel Simões

poesiaamanhecer

JOSÉ NIZA

( 1938 – 2011 )

FEIRA DA LADRA

A borla e o capelo

a foice e o martelo

a faca e a colher

o homem e a mulher

o fósforo e o cigarro

a cinza e o sarro

o amante e o marido

um morto e um ferido

o pederasta e a puta

um macho em disputa

a missa e o futebol

a sombra e o sol

a senhora duquesa

a vaca charolesa

talentos de artista

pernas de corista

e todos de fraque

na fuga de Bach

(de “Poemas da Guerra. Angola 1969-1971”)

Compositor e poeta. Autor da famosa canção “E depois do adeus”, que serviu de senha musical para a coluna militar de Salgueiro Maia na noite que precedeu o 25 de Abril. A partir de 1969 as suas canções foram cantadas por Adriano Correia de Oliveira, Samuel, Paulo de Carvalho, Carlos do Carmo e Mísia, entre outros. Publicou apenas “Poemas da Guerra. Angola 1969-1971” mas as letras das suas canções são muitas vezes poemas.

Leave a Reply