PRECÁRIOS INFLEXÍVEIS – MITA DIRAN TRABALHOU 30 HORAS SEGUIDAS E MORREU

banner_pi_verde

Mita era uma jovem copywriter indonésia que no sábado publicou um tweet dizendo: “30 hours of working and still going strooong”. Passadas poucas horas desmaiou e morreu no domingo.

CapturarEsta trabalhadora da agência de publicidade Young & Rubicam voltou a acender o debate sobre mortes por overworking, como a que aconteceu a um estagiário de um banco em Agosto, que morreu depois de três dias de trabalho seguido para o Bank of America Merril Lynch, na capital britânica.

A sobre exploração do overworking é mais uma face visivel da precariedade e da ameaça do desemprego. A cultura do vencer a qualquer custo no emprego e de “ser bem sucedido” cria problemas graves à saúde, mas é cada vez mais fomentado.

notícia aqui.

Leave a Reply