Celebrando a Ronda dos Quatro Caminhos – 13 – por Álvaro José Ferreira

Chula de Cabril

Letra e música: Popular (Douro Litoral)

Intérprete: Ronda dos Quatro Caminhos* (in LP/CD “Romarias”, Ovação, 1991)

[instrumental]

Só agora aqui cheguei,

Vou cantar uma cantiga

Cá da nossa freguesia.

[instrumental]

Cá da nossa freguesia,

Vou cantar a linda chula

Quer de noite quer de dia.

[instrumental]

Muito bem se ouve cantar

Quando chega a Primavera,

Quando chega o mês de Abril.

[instrumental]

Quando chega o mês de Abril,

Muito bem se canta a chula

Lá por terras de Cabril.

[instrumental]

Saias da Amieira

Letra e música: Popular (Alto Alentejo)

Intérprete: Ronda dos Quatro Caminhos* (in LP/CD “Romarias”, Ovação, 1991)

[instrumental]

Estas é que são as saias,

Estas é que são as tais

Que cosem as raparigas

Nas dobras dos aventais.

Que cosem as raparigas

Nas dobras dos aventais;

Estas é que são as saias,

Estas é que são as tais.

Aquela bilha de barro

Comprada em Vila Viçosa,

P’ra matar sedes de amores

Faz a água mais gostosa.

Estas é que são as saias,

Estas é que são as tais

Que cosem as raparigas

Nas dobras dos aventais.

Que cosem as raparigas

Nas dobras dos aventais;

Estas é que são as saias,

Estas é que são as tais.

O castelo de Marvão

Está lá no alto com graça;

As portas estão sempre abertas

Para receber a quem passa.

Estas é que são as saias,

Estas é que são as tais

Que cosem as raparigas

Nas dobras dos aventais.

Que cosem as raparigas

Nas dobras dos aventais;

Estas é que são as saias,

Estas é que são as tais.

Já não me lembram cantigas

Nem sei que hei-de cantar;

Já só me lembram as moças

Que me querem namorar.

Estas é que são as saias,

Estas é que são as tais

Que cosem as raparigas

Nas dobras dos aventais.

Que cosem as raparigas

Nas dobras dos aventais;

Estas é que são as saias,

Estas é que são as tais.

[instrumental]

Valsa de Dois Passos

Música: Popular (Estremadura)

Intérprete: Ronda dos Quatro Caminhos* (in LP/CD “Romarias”, Ovação, 1991)

(instrumental)

* Ronda dos Quatro Caminhos:

António Prata – violino, concertina, viola da terra, bandola e coros

António Silva Lopes – bombo, timbalão, ferrinhos, reque-reque, garrafa com garfo e voz solo

Daniel Completo – viola, baixo acústico e coros

Fátima Valido – cavaquinho, bandolim, flauta, castanholas e voz solo

João Cavadinhas – viola braguesa, viola amarantina, banjola, banjo e voz solo

Participações especiais:

A.C. – violino

João Nuno Represas – caixa, adufe e trancanholas

Rui Vaz – gaita-de-foles, flauta e adufe

Margarida Antunes – coros

Lídia Gonçalves – coros

Arranjos e direcção musical – António Prata e João Cavadinhas

Produção – António Prata

Gravado no Angel Studio, Lisboa, em Dezembro de 1990 e Janeiro de 1991

Técnicos de som – Rui Novais e Fernando Abrantes

Leave a Reply