“COMO SE MATA UM PRESIDENTE” – UMA SÉRIE HISTÓRICA DA AUTORIA DE JOSÉ BRANDÃO

A partir da próxima segunda-feira, dia 10 de Fevereiro, todos os dias às 18 horas, apresentaremos, em partes, uma obra inédita do historiador José Brandão – Como se mata um presidente (Sidónio Pais) – Sidónio Pais, cujo consulado interrompeu o curso de uma República conturbada, antecipando o que em 1926 aconteceu – a extinção pura e simples da República e o advento de uma ditadura militar que iria converter-se, a partir de 1933, no Estado Novo de Salazar – um «estado novo» que imporia ideias velhas. O sidonismo funcionou como balão de ensaio para a instauração do regime autoritário que viria a perdurar por quase meio século. O trabalho de José Brandão permite-nos compreender o que aconteceu e entender a personalidade de um homem que foi, sem dúvida, uma das figuras mais controversas da nossa história contemporânea.

A partir de segunda-feira, dia 10 de Fevereiro, num blogue perto de si.

Imagem3Imagem3 

Leave a Reply