O PRIMEIRO DE MAIO – por João Machado

Imagem1

João Machado

O Primeiro de Maio

 

Vão pela rua larga, a dar a curva

Um homem alto, uma mulher baixa

Uma linda rapariga, que a vista não turva

Uma senhora gorda, o braço nela encaixa

 

 

Lado a lado marcham e cantam alto

Amanhã vou para o trabalho

Que é verdade que nunca falto

Mas um dia vão saber quanto valho

 

Comigo somos mais de um milhão

Hoje, aqui contentes, alinhados

Ouçam todos bem a nossa canção

E lembrem-se que num dia então

Havemos de ficar todos parados

 

À chuva, ao sol, com vento agreste

A nossa marcha faz girar o mundo

Por todo o firmamento celeste

E navegar pelo mar sem fundo

 

Ouçam lá nos vossos altos impérios

Como é forte o som da nossa marcha

Ponham os vossos semblantes sérios

Que não paramos do Marquês até à Baixa!

 

João Machado, 2012

1 Comment

Leave a Reply to joaompmachado Cancel reply