Posts Tagged: poesia

PRIMEIRO DE MAIO – “Marinha/Murano” – por Manuel Simões – ilustração de DORINDO CARVALHO

Publicado originalmente em A Viagem dos Argonautas:
Marinha/Murano       Impensável a origem do vidro sua massa aderindo ao ferro do vidreiro.   Não se imagina o fogo, os fornos temperados a súbita viagem para o molde disponível.  …

PRIMEIRO DE MAIO – “Marinha/Murano” – por Manuel Simões – ilustração de DORINDO CARVALHO

Publicado originalmente em A Viagem dos Argonautas:
Marinha/Murano       Impensável a origem do vidro sua massa aderindo ao ferro do vidreiro.   Não se imagina o fogo, os fornos temperados a súbita viagem para o molde disponível.  …

PRIMEIRO DE MAIO – por Sílvio Castro – desenho de Dorindo Carvalho

Publicado originalmente em A Viagem dos Argonautas:
Quando trabalho não sinto o suor de meu esforço, já que procuro pôr nele todo o meu eu em liberdade, que depois dele vive a sua cidade.   Minha cidade é o espaço…

PRIMEIRO DE MAIO – por Sílvio Castro – desenho de Dorindo Carvalho

Publicado originalmente em A Viagem dos Argonautas:
Quando trabalho não sinto o suor de meu esforço, já que procuro pôr nele todo o meu eu em liberdade, que depois dele vive a sua cidade.   Minha cidade é o espaço…

LEGENDA DE ABRIL, de PAPINIANO CARLOS

Este poema também foi publicado no Estrolabio, em 25 de Abril de 2011

LEGENDA DE ABRIL, de PAPINIANO CARLOS

Este poema também foi publicado no Estrolabio, em 25 de Abril de 2011

MANEL, por MARCOS CRUZ

P.S. Peço desculpa ao Adão, Manuel e Marcos (a toda a família) Cruz pelo lapso que cometi. O autor da letra acima é o Manuel Cruz. João Machado.

MANEL, por MARCOS CRUZ

P.S. Peço desculpa ao Adão, Manuel e Marcos (a toda a família) Cruz pelo lapso que cometi. O autor da letra acima é o Manuel Cruz. João Machado.

LANÇAMENTO de “ALINHAVOS DO TEMPO”, de LINA TÂMEGA PEIXOTO – SEXTA-FEIRA, 12 de ABRIL, às 19.30, no CENTRO CULTURAL HUMBERTO MAURO, em CATAGUASES, MINAS GERAIS – enviado por RONALDO WERNECK

Em nome da autora, minha amiga e grande poeta Lina Tâmega Peixoto, divulgo o convite de lançamento em Cataguases MG, na próxima sexta, 12 de abril, de seu mais novo livro de poemas. Obrigado ao sítio ProParnaíba.com, onde fomos buscar

LANÇAMENTO de “ALINHAVOS DO TEMPO”, de LINA TÂMEGA PEIXOTO – SEXTA-FEIRA, 12 de ABRIL, às 19.30, no CENTRO CULTURAL HUMBERTO MAURO, em CATAGUASES, MINAS GERAIS – enviado por RONALDO WERNECK

Em nome da autora, minha amiga e grande poeta Lina Tâmega Peixoto, divulgo o convite de lançamento em Cataguases MG, na próxima sexta, 12 de abril, de seu mais novo livro de poemas. Obrigado ao sítio ProParnaíba.com, onde fomos buscar

CARTA DE BARCELONA – En hores de tenebra… un fet, una cita, un poeta / 4: La llei del “PIM, PAM… FUEGO” – por JOSEP A. VIDAL

  UN FET: El president de VOX demana armes per a “los españoles de bien” El partit ultradretà, que exerceix l’acusació popular en el judici contra els liders polítics i de la societat catalana que han defensat el dret a

CARTA DE BARCELONA – En hores de tenebra… un fet, una cita, un poeta / 4: La llei del “PIM, PAM… FUEGO” – por JOSEP A. VIDAL

  UN FET: El president de VOX demana armes per a “los españoles de bien” El partit ultradretà, que exerceix l’acusació popular en el judici contra els liders polítics i de la societat catalana que han defensat el dret a

ADÃO CRUZ – EXPOSIÇÃO de PINTURA e POESIA em S. JOÃO DA MADEIRA, na BIBLIOTECA MUNICIPAL DR. RENATO ARAÚJO – até 20 de ABRIL

Arquivo Labor Cultura Destaques Uma exposição feita com sentimento(s) Por Giselia Nunes – 7 Março, 2019 “…como um dia de primavera nos olhos de um prisioneiro” vai estar patente ao público na Biblioteca Municipal de 8 de março a 20

ADÃO CRUZ – EXPOSIÇÃO de PINTURA e POESIA em S. JOÃO DA MADEIRA, na BIBLIOTECA MUNICIPAL DR. RENATO ARAÚJO – até 20 de ABRIL

Arquivo Labor Cultura Destaques Uma exposição feita com sentimento(s) Por Giselia Nunes – 7 Março, 2019 “…como um dia de primavera nos olhos de um prisioneiro” vai estar patente ao público na Biblioteca Municipal de 8 de março a 20

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (272)

O PORTO EM IMAGENS (72)             . . . RECORDANDO O DIA 28 DE FEVEREIRO DE HÁ JÁ MUITOS ANOS . Vida fora muito correste Passo lento, certo, seguro Nunca foste uma alma errante Eras

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (272)

O PORTO EM IMAGENS (72)             . . . RECORDANDO O DIA 28 DE FEVEREIRO DE HÁ JÁ MUITOS ANOS . Vida fora muito correste Passo lento, certo, seguro Nunca foste uma alma errante Eras

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (138)

. REFLEXÃO     A cadeira de lona convida à reflexão O café fumegante desperta os sentidos O sol, no seu ocaso, fala de amor, De tempos idos, De carinho e de paixão, Antes da chegada dos ventos frios, E

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (138)

. REFLEXÃO     A cadeira de lona convida à reflexão O café fumegante desperta os sentidos O sol, no seu ocaso, fala de amor, De tempos idos, De carinho e de paixão, Antes da chegada dos ventos frios, E