Em 20 de Maio de 1801, Olivença foi-nos roubada

Do nosso amigo António Marques, ex-presidente do Grupo dos  Amigos de Olivença, recebemos esta mensagem: «Em 20 de maio de 1801, as tropas de Godoy tomaram a “Mui Nobre, Notável e Sempre Leal Vila de Olivença”. Um abraço solidário aos oliventinos.» Celebrámos ontem o Dia da Raia/Raya, em homenagem a Catarina Eufémia, vilmente assassinda em 19 de Maio de 1954. Uma excelente edição especial dirigida por Moisés Cayetano Rosado, um extremeño que ama a planície e que estuda a cultura portuguesa, como se a sua fosse. Vemos que alentejanos e extremeños ignoram muitas vezes a fronteira e se sentem irmanados na ânsia legítima de ver a região desenvolver-se. Gente progressista,estuda a viabilidade de criar sinergias entre o Alentejo e a Extremadura.  Somos internacionalistas e defendemos a amizade entre todos os povos da Terra. Porém, em plena Raia/Raya, Olivença/Olivenza é um monumento ao espírito castelhano de conquista e de desprezo pelos direitos dos vizinhos. Para que alentejanos e extremenhos possam viver em paz, ignorando a fronteira, é preciso que Olivença nos seja restituída. Os oliventinos serão o quiserem – cidadãos da República Portuguesa ou súbditos do rei de Espanha. A terra é portuguesa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: