KOENISBERG- poema de Rachel Gutiérrez

Imagem1

scherzo para Jean-Philippe Catonné

Na praça o velho Kant

só tendo em mente a razão

recomeça a caminhada;

nos passos – antinomias

nos braços – as aporias;

entre as críticas divi-

dido;

entre o belo e o sublime cin-

dido;

exclui de tudo o desejo,

o interesse

e a paixão.

Ilustração – quadro de Dorindo Carvalho

Leave a Reply