OFÍCIO E ARTE – poema de Rachel Gutiérrez

Imagem1

Ser poeta é não ter expediente

ou horário.

Maldição, dom e delícia,

imensurável

solidão.

Afinal, é no papel,

no branco céu

que as palavras são estrelas.

Ilustração – quadro de Dorindo Carvalho

Leave a Reply