“MURAL END FGM”, PELO FIM DA MUTILAÇÃO GENITAL FEMININA – APRESENTAÇÃO DIA 1 DE JULHO, às 16 horas – por Clara Castilho

No decorrer de um encontro promovido pela APF que juntou peritos, técnicos e membros de comunidades imigrantes, em especial da Guiné-Bissau, país onde, de acordo com dados das Nações Unidas, metade das mulheres foram mutiladas, surgiu a ideia da realização de um “Mural END FGM”. Para o elaborar foram convidados o cabo-verdiano Fidel Évora e a portuguesa Tamara Alves. Esta iniciativa tem o apoio do Parlamento Europeu na erradicação da Mutilação Genital Feminina (MGF) na Europa e no Mundo.

10447050_835358586481920_6557469951899582296_n

A obra de arte urbana – que se estende pela fachada do edifício do Sport Clube Intendente – menciona explicitamente o nome de Aissato Djaló, portuguesa de origem guineense, sobrevivente de MGF e membro do projeto Musqueba, que testemunhou sobre os efeitos da prática durante o encontro.

O mural, que contou com o apoio da Galeria de Arte Urbana da Câmara Municipal de Lisboa, será apresentado publicamente no dia 01 de Julho, pelas 16:00.

As imagens serão divulgadas pela rede de parceiros da campanha europeia END FGM e apresentadas aos membros do Parlamento Europeu, entre eles os eurodeputados portugueses, que foram convidados a assinarem um compromisso pelo fim da MGF, com o propósito de manterem esta causa sempre presente na sua agenda e ao longo de todo o mandato.

No Encontro, em 23 de Abril,  Vozes e Rostos – A Arte pelo Fim da Mutilação Genital Feminina, uma organização conjunta da Associação para o Planeamento da Família (APF) e da Amnistia Internacional Portugal, instituições parceiras na Campanha Europeia END FGM (Female Genital Mutilation), as artistas Edson Incopté e Rita Ié, da Associação de Estudantes da Guiné-Bissau em Lisboa, apresentaram 3 poemas da sua autoria que resultam de todo um trabalho de pesquisa mas também de identidade e questionamento cultural.

Eu me Ergo 

Pela menina que fui um dia,

Por uma infância interrompida

Eu me ergo!

Pelo grito em minha garganta, preso,

Pela dor que em mim é um peso

Eu me ergo!

Contra a tradição com mascara de religião,

Sobre o jugo da repressão

Eu me ergo!

Apesar da ferida que em minh’alma não cicatriza,

Do sofrimento,

Que incomoda o meu alento…

Fiar-me-ei num amanhã em que o fanado

Deixará de ser nosso fado.”

Rita Ié

 

______

10254039_685680001495419_7071276393764270951_n

SPORT CLUBE INTENDENTE

Contactos:

Morada: Largo do Intendente Pina Manique, 52 S/L – Freguesia Anjos
1100-285 Lisboa
Telefone: 218 852 762
Fax: 218 852 762

1 Comment

Leave a Reply