PRECÁRIOS INFLEXÍVEIS – GOVERNO CONGELA ESTÁGIOS DO IEFP PARA MUDAR AS REGRAS

banner_930px images

 

2 de Julho de 2014

De acordo com o Público, o governo suspendeu a atribuição de novos estágios para aplicar as novas regras que se conheceram há poucos dias, nomeadamente a redução do tempo dos estágios do IEFP de 12 para 9 meses, retirando 3 meses de estágio e o subsídio de desemprego no final do estágio a milhares de pessoas.

A porta giratória do desemprego para o desemprego está congelada.

Este ano o governo já aprovou mais de 40 mil estágios, o dobro do ano passado, e gastou com a medida sete vezes mais do que no ano anterior. E a questão agora é simples: ocupar mais gente com o mesmo dinheiro.

Nada tem que ver com a empregabilidade ou com a melhoria das capacidades das empresas para colocar os estagiários, é a luta contra os números do desemprego que move o governo. Aliás, o IEFP nunca divulgou a percentagem de estagiários que ficam na empresa depois do estágio e quantos desses mantêm depois de do primeiro ano.

Com o mesmo dinheiro, reduzindo o apoio de 80% para 65% e diminuindo o período do estágio é certo que vamos chegar ao fim do ano com muito mais pessoas a trabalhar através deste programa, tudo para baixar artificialmente a taxa de desemprego.

Notícia aqui.

Leave a Reply