QUEM FARÁ UM “CANTO GERAL” À PALESTINA? por Clara Castilho

Pablo Neruda nasceu em 12 de Julho de 1904, faz hoje há 110 anos. Tal como no seu último discurso no senado, a 6 de Janeiro de 1948, em que disse “YO ACUSO” todos os poderes podres e corruptos, também hoje certamente diria “YO ACUSO” a propósito da Palestina.

“Canto Geral” constituiu a resposta poética de Neruda à traição de Videla e às injustiças históricas da América Latina. Nele se pode ler em verso, as palavras como armas de combate, denunciando os crimes do imperialismo americano e fazendo uma revisão histórica dos séculos de dominação estrangeira e, também, das lutas de resistência.

neruda palestina
Da colaboração entre estes dois homens, Neruda e Theodirakis, só poderia sair uma obra exemplar.

Leave a Reply