RAPARIGAS E RAPAZES DE LISBOA – FRANCISCO DE HOLANDA,

diadelisboa3

Imagem1Francisco de Holanda nasceu em Lisboa no dia 6 de Setembro de 1517 (morreu em 1585 na sua cidade). Filho de António d´Holanda,  retratista e iluminador régio de origem flamenga, e de mãe portuguesa, pertencente a família aristocrática. Francisco seria considerado uma dos mais importantes figuras do Renascimento em Portugal e à boa maneira renascentista seria um artista eclético, dividindo a sua actividade por diversas áreas do Conhecimento e da Arte – humanista, arquitecto, escultor e pintor.  Entre 1538 e 1547, estudou em Roma , a expensas do rei D. João III, tendo ocasião de privar com grandes figuras da arte, entre as quais com Miguel Ângelo. Francisco considerava-se discípulo de Miguel. No seu regresso a Portugal, obteve vários auxílios vindos do cardeal-arcebispo de  Évora e dos reis D. João III e D. Sebastião. Entre as suas obras, destaca-se Da fábrica que falece a cidade de Lisboa, o primeiro ensaio sobre urbanismo que se escreveu na Península. Na Europa culta do século XVI, as opiniões deste lisboeta eram recebidas com respeito.

 

Leave a Reply