RAPARIGAS E RAPAZES DE LISBOA – PAULA REGO, UMA PINTORA INTERNACIONALMENTE RECONHECIDA

dia de lisboa

Paula Rego nasceu a 26 de Janeiro de 1935, em Lisboa, numa família republicana e liberal, com ligações às culturas inglesa e francesa. Frequentou a St. Julians School, enquanto residia no Estoril. Procurou o progresso nos estudos artísticos fora do alcance da vivência da ditadura. É apenas com 17 anos que, nos anos 50, Paula Rego foi estudar na Slade School of Fine Art, em Londres. A convivências com os artistas inglesas foi muito proveitosa, acabando por casar com Victor Willing, também pintor, de quem veio a ter três filhos.

A qualidade do seu trabalho é cedo reconhecida. Aos 50 anos de idade já era uma pintora internacionalmente famosa. Produziu obras para galerias e exposições específicas, e foi a primeira Artista Associada da National Gallery, em Londres. A sua lista de exposições individuais e retrospectivas em museus e galerias de renome é inúmera. Os prémios e distinções que recebeu também. Anda num vai e vem entre Portugal e Londres.

Paula-Rego-001

O seu imaginário é único, as suas técnicas diversificadas. As suas obras falam de jogos de poder, de autoritarismo político, exaltam o poder feminino, denunciam a violência. Há quem goste, há quem se sinta incomodo. Sim, muitas vezes incomoda os espíritos que preferem não ver a realidade, nem pensar nas diversas formas como o ser humano é subjugado.

A 18 de Setembro de 2009, a Casa das Histórias Paula Rego, foi inaugurada, em Cascais, tendo nascido com o intuito de acolher e promover a divulgação e estudo da sua obra.

Leave a Reply