EDITORIAL – ONDE ESTÁ O IMPOSSÍVEL?

 

Em vários locais deste blog, escrito por vários colaboradores, tem sido logo editorialquestionado até quando vamos aguentar o regime espartano e injusto para a maioria de todos nós, enquanto que, para alguns, as mesmas regras  não são aplicadas.

A greve de 6ª feira e a adesão que teve mostra que, por muito que o governo e os partidos do poder e os dele próximos (não está o país melhor?…) queiram fazer parecer, as pessoas estão fartas de sofrer, estão fartas de ver a pobreza a aumentar, estão fartas de ver pessoas próximas terem de emigrar, estão fartas de ver a assistência na saúde de pantanas, estão fartas de ver o desnorte na educação…

À ideia habitual de que pouco poderão fazer, contrapõe-se outra, por exemplo, aquela a que foi dada forma na frase de Nelson Mandela – “tudo é considerado impossível até acontecer”.

1 Comment

  1. Mas quem faz acontecer?
    Quarenta anos de experiência já foram bastantes para saber-se quem nada fará acontecer.A População tem de suportar e, de facto, pagar para que uns tantos papagaios – duma incontestável inutilidade – pervertam a Democracia que a População julgou chegar com o inesquecível 25 de Abril. Em São Bento, tudo está reduzido a adivinhar-se o sexo aos anjos. CLV

Leave a Reply