TALVEZ NINGUÉM PROCURE O FUNDO DE SI MESMO, de ANTÓNIO RAMOS ROSA – tradução italiana de SIMONETTA MASIN

imagem110

 

Talvez ninguém procure o fundo de si mesmo

Leave a Reply