ESPAÇO DE CABO VERDE – “MINDELO TRAZ D’HORIZONTE” – por Clara Castilho

caboverde2

“Mindelo traz d’ Horizonte”  é uma co-produção entre a produtora grega Eurostudio e a cabo-verdiana Crioula que estreou em Julho de 2008 e em Agosto foi a competição na 36ª edição do Festival de Cinema de Gramado, no Rio Grande do Sul, Brasil. Aí foi considerado pela crítica como um dos filmes “mais interessantes”.

 Também esteve, na IIº Mostra língua (Mostra de Cinema Internacional de Língua Portuguesa) – Portugal, quatro meses mais tarde.

 mindelo

Mindelo é considerada a capital cultural de Cabo Verde. Neste documentário se retrata a vida contemporânea da cidade.

A filmagem decorreu durante um ano, e tentou-se mostrar mais do que a vertente folclórica e turística. Procurou-se mostrar o pulsar da cidade, a vida e a cultura contemporânea mindelense.

É de autoria do realzador grego Alexis Tsafas.Com a duração de 74 minutos, centra-se a atenção do espectador na imagem e no seu poder sugestivo e narrativo para construir quadros do quotidiano. Nele se pode ver arquitectura urbana, a relação com os espaços, o comércio local.

A sua banda sonora pode ouvir-se Vasco Martins, Manuel de Novas, Voginha e Cesária Évora, a Banda Municipal de São Vicente e Gabriela Mendes,  tem o papel de “mostrar a cultura crioula”.

Como actores podemos ver Fonseca Soares, Elisabete Gonçalves, Zenaida Alfama, Sílvia Lima, Mirita Veríssimo, Anselmo Fortes e Mirtó Veríssimo.

O realizou afirmou, aquando da estreia: “ para nós, europeus, Mindelo está escondido no oceano, não conhecemos muito sobre ela, só a música e a voz da Cesária Évora”.

 

Leave a Reply