Actividades no Hot Club de 1 a 4 de Abril de 2015

hot club imagem rubrica I

hot club imagem rubrica

 Hot Clube – Praça da Alegria 48

No dia 1 de Abril

Jam session com Joel Silva

As jam sessions de 4ª feira contam com um músico convidado que lidera a sessão durante um mês. No mês de Abril teremos como convidado Joel Silva (bateria).

A sessão começa às 22h30, com um set do grupo residente, passando depois para jam aberta aos músicos que queiram participar. Entrada livre.

 

Nos dias 2 a 4 de Abril

John Gunther Quartet

07-john-gunther-quartet-sikk

John Gunther – saxofone tenor; Ricardo Pinheiro – guitarra; Massimo Cavalli – contrabaixo; João Cunha – bateria.

Os músicos que compõem este quarteto conheceram-se durante uma jam session em 2013 no meeting IASJ (International Association of Schools of Jazz) que teve lugar em Aarhus Dinamarca. Desde logo nasceu a vontade de se juntarem de novo. Nestes três concertos no Hot Clube vão apresentar temas originais de John Gunther e não só.

John Gunther is a composer and multi-instrumentalist playing Saxophones, Clarinet, and Flute. With a restless musical spirit, he explores all forms of jazz from traditional to avant-garde as well as classical music, world music and experimental electronic music. He has performed or recorded with Dave Douglas, Ron Miles, Christian McBride, Bobby Watson, Wallace Roney, Larry Goldings,Tom Harrel, Dewey Redman, Joe Williams, The Woody Herman Orchestra, the Vanguard Jazz Orchestra and The Maria Schneider Orchestra. As part of New York city’s “downtown” music scene for many years, he produced five recordings for Creative Improvised Music Projects (CIMP) and is co-founder of the contemporary jazz ensembles, “Spooky Actions” and “Convergence.” John is an Associate Professor and director of the Thompson Jazz Studies Program at the University of Colorado Boulder.   John’s most recent recording with his group the “Safari Trio” is on the Dazzle Jazz label.

 

Ricardo Pinheiro é guitarrista de jazz, compositor e musicólogo. Doutorou-se em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa. Licenciou-se em Música pelo Berklee College of Music e em Ciências da Psicologia pela Universidade de Lisboa. Estudou com Mick Goodrick, George Garzone, Ed Tomassi, Ken Pullig, Wayne Krantz, Chris Washburne e Salwa Castelo-Branco. Enquanto músico, actuou e gravou com Peter Erskine, Chris Cheek, David Liebman e Eric Ineke. Foi bolseiro da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, Fundação Ciência e Tecnologia, Centro Nacional de Cultura e Berklee College of Music. Ganhou o prémio de investigação em Jazz Studies, “Morroe Berger – Benny Carter Jazz Research Fund” atribuído pela Rutgers University e o Institute of Jazz Studies, nos E.U.A. Coordena a Licenciatura em Jazz e Música Moderna na Universidade Lusíada de Lisboa e lecciona também na Escola Superior de Música de Lisboa. Tem apresentado inúmeras comunicações, workshops e artigos em Portugal e no estrangeiro (Alemanha, Áustria, Grécia, e Espanha) sobre jazz, aliando perspectivas musicológicas e históricas. Publicou em revistas científicas internacionais como a Acta Musicologica da International Musicological Society, editada por Philip Bohlman, ou a Jazz Research Journal (Equinox Publishing). Tem vários discos gravados para as editoras Fresh Sound New Talent, Fresh Sound World Jazz, Tone of a Pitch, e Sintoma Records.

 

Massimo Cavalli (Contrabaixo)licenciou-se em Contrabaixo Jazz na ESMAE do Porto e acabou o Mestrado em Interpretação Artística Jazz, na mesma escola.  É Doutorando em Música e Musicologia, na Universidade de Évora. Tocou com Francesco Bearzatti, Benoît Sourisse, André Charlier, Perico Sambeat, Laurent Filipe, Eric Sevá, Jacinta, Ficções, Melissa Walker,  Amélia Muge, Joel Xavier e Didier Lockwood, Fernando Tordo, Ala dos Namorados, Jean Pierre Como, Benoît Sourisse e André Charlier, Mafalda Veiga e João Pedro Pais, Susana Félix e Alexandre Diniz. Ensina baixo eléctrico, contrabaixo jazz e combo na Universidade Lusíada de Lisboa e na Escola de Jazz Luiz Villas-Boas em Lisboa. Em 2012 saiu o seu primeiro CD de originais “Varandas do Chiado” editado pela Note Sonanti.

João Cunha nasceu em Paredes. Estudou percussão na Escola Profissional de Música de Espinho e posteriormente na Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo com Miguel Bernat, onde concluiu no ano de 2003 a Licenciatura com a nota máxima no recital final do curso. Obteve o prémio de mérito da Fundação Engenheiro António de Almeida. No mesmo ano, ingressa no curso de Jazz/Bateria com Michael Lauren, na mesma instituição, onde viria a concluir em 2006. Trabalhou particularmente com Eric Harland. Desde o ano de 2000, tem-se apresentado em concertos, com diversas formações, em Portugal, Espanha, França, Bélgica, Alemanha, Angola e Brasil. No campo de Percussão toca com grupo Drumming, do qual é membro e também como músico convidado com o Remix Ensemble. Trabalhou e tocou com: Ivan Lins, Michael Bolton, Maria Schneider, Patrícia Barber, Mayra Andrade, Rick Margitza, Chris Cheek, Bill Carrothers, Phil Grenadier, Glen Velez, Bob Sands, António Serrano, Eric Sevá, André Sarbib, Laurent Filipe, Orquestra de Jazz de Matosinhos, Jacinta, Carlos Azevedo, Massimo Cavalli, Diogo Vida, Luísa Sobral, Miguel Araújo, o grupo “Os Azeitonas”, entre outros. Em registo, participou em diversas gravações para a Antena 2, participou como membro do grupo Drumming, na gravação do disco de Bernardo Sassetti “Unreal Sidewalk Cartoon”, na gravação para a edição de “Música Presente, perspectivas para la música del siglo XXI” e na gravação de “Pocket Paradise” do compositor Jesús Rueda para a editora Diverdi/Anemos em Espanha. Gravou o disco “This is It”, de André Sarbib; “Alegria”, com o quarteto de Diogo Vida. Actualmente exerce funções de professor no Conservatório de Música do Vale do Sousa, na Academia de Música de Espinho e na Escola Profissional de Música de Espinho. Em 2014 concluiu o Mestrado para o Ensino da Música na Universidade de Aveiro.

Concerto a partir das 22h30 (2º set às 00h). 7,5 euros para não sócios, entrada gratuita para sócios.

Leave a Reply