CRÓNICAS DO QUOTIDIANO – O QUE LEVA UM PAI, 33 ANOS, A MATAR UM FILHO, 5 MESES? – por Mário de Oliveira

quotidiano1

Na exposição de fotografias, Génesis, de Sebastião Salgado, que hoje é inaugurada em Lisboa, não figura o rosto de João Barata, 33 anos, Oeiras, que acaba de matar o próprio filho de 5 meses. Nem o do seu bebé assassinado. Por mim, gostava que Sebastião Salgado pudesse fotografar o filicida, para que a sua exposição Génesis fosse ainda mais reveladora. É urgente descobrir o que leva um pai, 33 anos, a matar o próprio filho, de 5 meses. O facto de estar desempregado, ser alcoólico, em risco de indejado divórcio, está longe de ir ao génesis do ser humano. Só um artista do Humano, como Sebastião Slagado, poderia ajudar-nos a ver o que o juiz do Tribunal, a quem João Barata vai ser hoje presente, não conseguirá ver. É perito em leis, filhas do Poder, não perito no Mistério que somos desde antes do big-bang. Para cúmulo, João Barata não é Ricardo Salgado, ex-BES, mas ainda o dono disto tudo, até deste Governo, desta presidência da República, mais de uns quantos advogados hábeis em fabricar sentenças absolutórias, por mais graves que sejam as acusações do Ministério Público, outro órgão do Poder. A própria opinião pública, reiteradamente formatada pelos telejornais, programas rascas da manhã, da tarde, já ditou a sentença. Tivesse, João Barata, sido entregue aos vizinhos, para cuidarem dele, após o assassinato do filho, e seria já um homem morto. Até o génesis da Bíblia, demais livros sagrados, com seus mitos das origens, obra todos do Poder sacerdotal, político, económico, não nos dizem o Mistério que somos. Matam-no, para que nunca cheguemos a conhecer-nos, nem uns aos outros, holística reciprocidade, vasos comunicantes, à escala planetária. Talvez o Artista brasileiro nos ajudasse a ver que João Barata é uma vítima mais, não um assassino. Assassino, é este tipo de mundo que nos condena a viver como ratos, meras mercadorias de usar e deitar fora. Nos antípodas do Mistério que somos, desde antes do big-bang. Quando vamos entender-praticar, em toda a Terra, este Evangelho/Notícia boa de Jesus?!

10 Abril 2015

 

Leave a Reply