LIVRO &LIVROS – Júlio Conrado lança novo romance no Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor

livrolivros22

Imagem1Turbulência na Academia do Amor é o novo romance do escritor Júlio Conrado. O lançamento decorre na próxima quinta-feira,  23 de Abril, Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor, pelas 18:30 horas, na Livraria Ferin, em Lisboa. A escritora Teolinda Gersão fará a apresentação da obra.

Sinopse: Na Academia Publius Ovidio Naso, vulgo APON, de Lisboa, consagrada ao culto do Amor segundo o padrão antigo, estala uma guerra de sucessão que põe em causa os valores estabelecidos e os poderes instalados. O ingresso de um ensaísta desconhecido que logrou colocar um fabuloso texto em The Romantism Now, de Londres, a mais prestigiada revista mundial dedicada ao Romantismo, é uma das causas da tempestade insurreccional que varre a APON e de que resulta a abertura do processo eleitoral.

Berto Aguiar, o obscuro professor do Ensino Secundário que espanta a nata do Romantismo universal com o ensaio A queda, é convidado a candidatar-se a uma vaga de sócio correspondente da academia lisboeta e, ao mesmo tempo, instado a apoiar a lista B na eleição que se aproxima. O desaparecimento de dez imortais, todos de morte natural, vai acelerar a realização do escrutínio.

Aproveitando o part-time que entretanto lhe é proporcionado pelo Gabinete de Apoio Psicológico, Berto Aguiar “recolhe” um certo número de casos da vida quotidiana que passa ao vizinho do prédio onde mora, um inesperado escritor que a partir deles escreve (e publica) o seu primeiro livro.

 

Júlio Conrado (Olhão, 26/11/1936)

Durante vários anos alternou crítica literária com ficção (incursões esporádicas na poesia e no teatro), focando agora no romance a sua principal actividade. Integrou os corpos sociais de: Associação Portuguesa de Escritores, Pen Clube Português, Centro Português da Associação Internacional dos Críticos Literários e Associação Portuguesa dos Críticos Literários. Participou como jurado nos mais importantes prémios literários portugueses. Coordenou a revista Boca do Inferno, de Cascais. Fez crítica no Jornal de Notícias, Diário Popular, Diário de Lisboa, A Capital, Vida Mundial, Jornal de Letras e Colóquio Letras. Colaborador das revistas A Página da Educação e Triplov (online). Turbulência na Academia do Amor é o seu décimo primeiro romance.

Leave a Reply