“BOVARY”, NO TEATRO NACIONAL DONA MARIA, DE 18 A 22 DE NOVEMBRO

Basta dizer-se “Bovary” em voz alta para se sentir imediatamente o cheiro a perfume e a escândalo. Retrato de uma mulher que, escapando ao tédio de uma existência banal, embarca em relações adúlteras e vive muito acima das suas possibilidades, Madame Bovary é hoje considerada a obra seminal do realismo e um dos marcos da literatura mundial. Publicado pela primeira vez em fascículos numa revista literária, o romance de Gustave Flaubert foi acolhido por uma parte da sociedade francesa como um atentado à boa moral cristã. Meses depois, o autor sentava-se no banco dos réus, acusado de obscenidade pelo Ministério Público. É deste episódio que parte Bovary, um espetáculo de Tiago Rodrigues que ousa uma adaptação da obra-prima de Flaubert sob a forma de inquérito judicial, enredando o espectador na história do romance, no processo em tribunal e na biografia do autor. Coproduzido pelo TNSJ – e escassas semanas depois de a trilogia trágica do diretor artístico do TNDM II ter ocupado o palco do São João –, Bovary visita o Porto para nos propor uma nova incursão nesse território em que arte e lei ou artistas e Estado se confrontam e travam de razões.

18.11 bovary

 18 – 22 NOV 2015

SALA GARRETT

qua, 19h/ qui – sáb, 21h / dom, 16h

texto e direcção – Tiago Rodrigues

a partir de – Gustave Flaubert

conceito de cenografia e figurinos – Magda BizarroTiago Rodrigues

desenho de luz – Rui Horta

música – Alexandre Talhinhas

interpretação – Carla MacielGonçalo WaddingtonIsabel AbreuPedro GilTónan Quito

produção – TNDM II a partir de uma criação original pela companhia Mundo Perfeito

coprodução – alkantara festival, São Luiz Teatro Municipal, TNSJ

estreia – 7Jun2014 São Luiz Teatro Municipal (Lisboa)

dur. aprox.- 2:00

M/12 anos

Leave a Reply