APELO FINAL AOS ASSOCIADOS DO MONTEPIO PARA QUE VOTEM NA LISTA C – A MUDANÇA NO MONTEPIO É DESTA VEZ POSSIVEL E É NECESSARIA. – por EUGÉNIO ROSA

24248_117686868249342_2091343_n

logo

APELO FINAL AOS ASSOCIADOS DO MONTEPIO PARA QUE VOTEM NA LISTA C 

A MUDANÇA NO MONTEPIO É DESTA VEZ POSSIVEL E É NECESSARIA.

É POSSIVEL A MUDANÇA  porque a lista da administração cuja mandato finda, e que pretende continuar (Lista A) nunca esteve tão desacreditada entre os associados como a de Tomás Correia . E isto porque devido à gestão megalómana e à má gestão acumulou enormes prejuízos na Caixa Económica e na Associação Mutualista, tendo depois utilizado as poupanças dos associados para recapitalizar a Caixa Económica, pondo assim as poupanças em risco. Para além disso, instalou no Montepio um clima de autoritarismo, de arbítrio, de insegurança e de medo, contrário aos princípios mutualistas, que atingiu trabalhadores e associados.

A administração cujo mandato agora termina, e que pretende continuar (Lista A) foi aquela que casou maiores danos ao Montepio e ao mutualismo, e certamente ficará na história do Montepio como a pior administração que este teve. Muitos associados já compreenderam isso, e certamente vão fazer o que é necessário (não votando na Lista A) para afastar definitivamente a administração de Tomás Correia da Associação Mutualista depois de ele  ter sido também afastado da Caixa Económica.

No entanto, a derrota da Lista A encabeçada por Tomás Correia não é suficiente. É preciso impedir que entre no Montepio outra administração que tenha como objetivo servir-se do Montepio e não servir o Montepio. É preciso impedir que aqueles que só aparecem na altura das eleições para obter lugares, e que não deram ainda quaisquer provas de defender o Montepio, o mutualismo e as poupanças dos associados, que se mantiverem calados e ausentes nos momentos difíceis que os associados e o  Montepio viveram, se apoderem da administração do Montepio.

É NECESSÁRIO UMA VERDADEIRA MUDANÇA NO MONTEPIO. E isto porque a gestão megalómana e desastrosa da administração de Tomás Coreia acumulou 500 milhões € de prejuízos na Caixa Económica, tendo  por isso de ser recapitalizada com 1100 milhões € de poupanças dos associados. Esta administração  causou também  486 milhões € prejuízos à Associação Mutualista,   delapidando assim  os seus capitais próprios em 324 milhões €, impedindo que ela dê benefícios aos  associados, e aplicou numa única entidade mais de 89% (3.690 milhões €) das poupanças dos associados, fazendo assim correr a estas riscos que resultam da elevada concentração. A administração de Tomás Correia deixou assim uma pesada herança que põe em risco o emprego dos trabalhadores do Montepio e que criou condições para a privatização da Caixa Económica, para além de ter degradado profundamente a confiança que os associados e os portugueses tinham no Montepio.

É tudo isto que temos de inverter de uma forma segura. Para isso é necessário que administração de Tomás Correia (agora Lista A) seja afastada definitivamente do Montepio e que se impeça que outra que apenas se quer servir-se do Montepio, e não servir o Montepio, se apodere do Montepio. Só uma administração cujos membros conhecem profundamente os problemas atuais do Montepio, que já deram provas de servir o Montepio e não de se servir dele, como acontece com os que integram a LISTA C é que poderá fazê-lo. É por tudo isto que apelamos para que vote na LISTA C. E porque a mudança verdadeira está só na Lista C e nas mãos dos associados.

 

VOTE NA LISTA C EM DEFESA DA SEGURANÇA DAS POUPANÇAS DOS ASSOCIADOS, EM DEFESA DO EMPREGO DO TRABALHADORES DO MONTEPIO, EM DEFESA DO MONTEPIO E DO MUTUALISMO. PRECISAMOS VIRAR COM SEGURANÇA ESTA PÁGINA NEGRA DA HISTÓRIA DO MONTEPIO QUE JÁ TEM 175 ANOS

 

COMO VOTAR

 

O associado deverá receber em sua casa um envelope com os programas de todas as listas e os votos. Para votar o associado deverá fazer apenas o seguinte:

 

1- Assinalar com uma cruz o quadrinho correspondente à lista que escolheu (desejamos que seja a Lista C) em cada um dos votos (o esverdeado e o branco – tem que ser nos 2 votos)  e não rasga nada (os votos têm de ir inteiros, pois se não forem não são válidos).

2- Dobrar cada um dos votos separados em 4 partes, tal como faz quando vota nas eleições para a Assembleia da República, e meter os votos no envelope mais pequeno, que é aquele que tem um espaço para colar a etiqueta  e fecha-o.

3- Seguidamente descolar a etiqueta que está na carta que recebeu no lado direito da assinatura do presidente da mesa da assembleia geral, padre Vitor Melícias, que tem o seu numero de associado e colar essa  etiqueta no envelope mais pequeno no espaço destinado a colar a etiqueta.

4- Em seguida assinar na linha que está por baixo da etiqueta (a assinatura tem de ser igual à que tem na Associação Mutualista/Caixa Económica Montepio, que deve ser aquela que consta do seu Bilhete de Identificação ou Cartão de Cidadão). É preciso ter cuidado pois a assinatura vai ser conferida e se não for igual o voto é anulado.

5- Depois colocar o envelope mais pequeno fechado, com os votos, dentro do envelope maior (correio azul e com tarifa já paga), que tem a direção da Associação Mutualista (Apartado 28006), fechar esse envelope e colocar rapidamente num marco do correio. Não se deve preocupar com o código postal, pois como tem o numero do apartado, que é do Montepio, todos os envelopes chegam ao Montepio.

6- É importante que vote e coloque rapidamente o envelope no correio pois só são válidos os votos que chegarem ao Montepio até às 18 horas do dia 2 de Dezembro de 2015.

 

NOTA: Se não recebeu ainda o envelope com os votos agradecemos que informe para o endereço: defenderomutualismo@gmail.com.Se telefonarem do Montepio a tentarem condicionar o seu voto informe também para os mesmo endereço.

 

VOTA NA LISTA C

 

1 Comment

Leave a Reply to INFOAbril Cancel reply