Posts Tagged: eugénio rosa

SALÁRIOS REAIS DIMINUEM EM PORTUGAL ENTRE 2015 E 2018 SEGUNDO O MINISTÉRIO DO TRABALHO – por EUGÉNIO ROSA

http://gep.msess.gov.pt/estatistica/gerais/be.html Quadro 1 – Evolução da Remuneração Base Mensal e do Ganho Mensal nominais e reais dos trabalhadores portugueses – setor privado- período 2015/2018 A EXPULSÃO PARA O ESTRANGEIRO DOS TRABALHADORES MAIS QUALIFICADOS Quadro 2 – A variação da Remuneração

SALÁRIOS REAIS DIMINUEM EM PORTUGAL ENTRE 2015 E 2018 SEGUNDO O MINISTÉRIO DO TRABALHO – por EUGÉNIO ROSA

http://gep.msess.gov.pt/estatistica/gerais/be.html Quadro 1 – Evolução da Remuneração Base Mensal e do Ganho Mensal nominais e reais dos trabalhadores portugueses – setor privado- período 2015/2018 A EXPULSÃO PARA O ESTRANGEIRO DOS TRABALHADORES MAIS QUALIFICADOS Quadro 2 – A variação da Remuneração

O BANCO MONTEPIO EM 2018, por EUGÉNIO ROSA

O BANCO MONTEPIO EM 2018: liquidez confortável mas negócio bancário em queda e sem indícios de recuperação e a urgência de afastar a administração de Tomás Correia da Associação Mutualista que está a contaminar todo o grupo e a dificultar

O BANCO MONTEPIO EM 2018, por EUGÉNIO ROSA

O BANCO MONTEPIO EM 2018: liquidez confortável mas negócio bancário em queda e sem indícios de recuperação e a urgência de afastar a administração de Tomás Correia da Associação Mutualista que está a contaminar todo o grupo e a dificultar

INFORMAÇÃO 3/2019 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE – AS DESIGUALDADES NO TRATAMENTO DOS BENEFICIÁRIOS HERDADAS DO PASSADO QUE AINDA EXISTEM NA ADSE – por EUGÉNIO ROSA

AS DESIGUALDADES NO TRATAMENTO DOS BENEFICIÁRIOS HERDADAS DO PASSADO QUE AINDA EXISTEM NA ADSE: uns beneficiários em internamentos longos (cuidados continuados) podem ter apoios até 2.394€/mês no Regime convencionado e até 6.621€/mês no Regime livre, enquanto outros em lares têm

INFORMAÇÃO 3/2019 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE – AS DESIGUALDADES NO TRATAMENTO DOS BENEFICIÁRIOS HERDADAS DO PASSADO QUE AINDA EXISTEM NA ADSE – por EUGÉNIO ROSA

AS DESIGUALDADES NO TRATAMENTO DOS BENEFICIÁRIOS HERDADAS DO PASSADO QUE AINDA EXISTEM NA ADSE: uns beneficiários em internamentos longos (cuidados continuados) podem ter apoios até 2.394€/mês no Regime convencionado e até 6.621€/mês no Regime livre, enquanto outros em lares têm

OS PROJETOS DA NOVA LEI DE BASES DA SAÚDE EM DEBATE NA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA NÃO RESOLVEM OS PROBLEMAS GRAVES DO SERVIÇO NACIONAL SAÚDE (SNS) – por EUGÉNIO ROSA

A REDUÇÃO DA DESPESA COM A SAÚDE (pública + privada) EM PORTUGAL O SUBFINANCIAMENTO CRÓNICO DO SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE (SNS) EM NENHUM DOS PROJETOS DE NOVA LEI DE BASES DE SAÚDE EXISTE QUALQUER NORMA QUE PONHA UM TRAVÃO À

OS PROJETOS DA NOVA LEI DE BASES DA SAÚDE EM DEBATE NA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA NÃO RESOLVEM OS PROBLEMAS GRAVES DO SERVIÇO NACIONAL SAÚDE (SNS) – por EUGÉNIO ROSA

A REDUÇÃO DA DESPESA COM A SAÚDE (pública + privada) EM PORTUGAL O SUBFINANCIAMENTO CRÓNICO DO SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE (SNS) EM NENHUM DOS PROJETOS DE NOVA LEI DE BASES DE SAÚDE EXISTE QUALQUER NORMA QUE PONHA UM TRAVÃO À

A IMPORTÂNCIA DAS MULHERES NA CRIAÇÃO DE RIQUEZA E NO DESENVOLVIMENTO DO PAÍS E COMO CONTINUA A SER DESVALORIZADA A SUA CONTRIBUIÇÃO – por EUGÉNIO ROSA.

A MULHER JÁ CONSTITUI QUASE METADE DA POPULAÇÃO ATIVA DO PAÍS E MUITO MAIS DE METADE DA POPULAÇÃO ATIVA COM O ENSINO SUPERIOR Quadro 1 – População ativa por níveis de escolaridade e por sexo Quadro 2 – A subutilização

A IMPORTÂNCIA DAS MULHERES NA CRIAÇÃO DE RIQUEZA E NO DESENVOLVIMENTO DO PAÍS E COMO CONTINUA A SER DESVALORIZADA A SUA CONTRIBUIÇÃO – por EUGÉNIO ROSA.

A MULHER JÁ CONSTITUI QUASE METADE DA POPULAÇÃO ATIVA DO PAÍS E MUITO MAIS DE METADE DA POPULAÇÃO ATIVA COM O ENSINO SUPERIOR Quadro 1 – População ativa por níveis de escolaridade e por sexo Quadro 2 – A subutilização

A SUBUTILIZAÇÃO DO TRABALHO EM PORTUGAL, OS BAIXOS SALÁRIOS E AS BAIXÍSSIMAS PENSÕES, E A REDUZIDA COBERTURA DO SUBSÍDIO DE DESEMPREGO – por EUGÉNIO ROSA.

A SUBUTILIZAÇÃO DO TRABALHO REDUZIU-SE EM PORTUGAL MAS É AINDA INSUFICIENTE, A PERPETUAÇÃO DOS BAIXOS SALÁRIOS EXPULSA PARA O ESTRANGEIRO OS MAIS QUALIFICADOS. Quadro 1 – A dimensão da subutilização do trabalho em Portugal – 2015/2018 Quadro 2- Salários líquidos

A SUBUTILIZAÇÃO DO TRABALHO EM PORTUGAL, OS BAIXOS SALÁRIOS E AS BAIXÍSSIMAS PENSÕES, E A REDUZIDA COBERTURA DO SUBSÍDIO DE DESEMPREGO – por EUGÉNIO ROSA.

A SUBUTILIZAÇÃO DO TRABALHO REDUZIU-SE EM PORTUGAL MAS É AINDA INSUFICIENTE, A PERPETUAÇÃO DOS BAIXOS SALÁRIOS EXPULSA PARA O ESTRANGEIRO OS MAIS QUALIFICADOS. Quadro 1 – A dimensão da subutilização do trabalho em Portugal – 2015/2018 Quadro 2- Salários líquidos

A GESTÃO RUINOSA DA ADMINISTRAÇÃO DE TOMÁS CORREIA, A SITUAÇÃO DO BANCO MONTEPIO E A DIFÍCIL SITUAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA, E O RISCO DO BANCO TER DE PAGAR AINDA AS COIMAS APLICADAS À ADMINISTRAÇÃO DE TOMÁS CORREIA

A DIMENSÃO DA DESTRUIÇÃO CAUSADA PELA ADMINISTRAÇÃO DE TOMÁS CORREIA Quadro 1 – Dados das contas do Banco Montepio – destruição causada por Tomás Correia A SITUAÇÃO DO BANCO MONTEPIO E A SITUAÇÃO DIFÍCIL DA ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA Quadro 2 –

A GESTÃO RUINOSA DA ADMINISTRAÇÃO DE TOMÁS CORREIA, A SITUAÇÃO DO BANCO MONTEPIO E A DIFÍCIL SITUAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA, E O RISCO DO BANCO TER DE PAGAR AINDA AS COIMAS APLICADAS À ADMINISTRAÇÃO DE TOMÁS CORREIA

A DIMENSÃO DA DESTRUIÇÃO CAUSADA PELA ADMINISTRAÇÃO DE TOMÁS CORREIA Quadro 1 – Dados das contas do Banco Montepio – destruição causada por Tomás Correia A SITUAÇÃO DO BANCO MONTEPIO E A SITUAÇÃO DIFÍCIL DA ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA Quadro 2 –

O AUMENTO DO NÚMERO DE TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA DURANTE O GOVERNO DE COSTA APENAS COMPENSOU UM TERÇO DA DESTRUIÇÃO DO PSD/CDS, E O PODER DE COMPRA DOS TRABALHADORES EM 2018 AINDA ERA INFERIOR EM 18,8% AO DE 2010 – por EUGÉNIO ROSA.

O AUMENTO DOS TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA DURANTE O GOVERNO PS/COSTA APENAS COMPENSOU 35% DA DESTRUIÇÃO FEITA PELO GOVERNO PSD/CDS Quadro 1 – Variação do número dos trabalhadores das Administrações Públicas-2011/18 PODER DE COMPRA MÉDIO DOS TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA

O AUMENTO DO NÚMERO DE TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA DURANTE O GOVERNO DE COSTA APENAS COMPENSOU UM TERÇO DA DESTRUIÇÃO DO PSD/CDS, E O PODER DE COMPRA DOS TRABALHADORES EM 2018 AINDA ERA INFERIOR EM 18,8% AO DE 2010 – por EUGÉNIO ROSA.

O AUMENTO DOS TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA DURANTE O GOVERNO PS/COSTA APENAS COMPENSOU 35% DA DESTRUIÇÃO FEITA PELO GOVERNO PSD/CDS Quadro 1 – Variação do número dos trabalhadores das Administrações Públicas-2011/18 PODER DE COMPRA MÉDIO DOS TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA

ALGUMAS REFLEXÕES FUNDAMENTADAS SOBRE AS CONTAS DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS DE 2018 – por EUGÉNIO ROSA

A CGD CONTINUA A PERDER QUOTA DE MERCADO DESDE QUE PAULO MACEDO ENTROU PARA A ADMINISTRAÇÃO DO BANCO PÚBLICO Quadro 1 – Variação da quota de mercado da CGD a nível de depósito – 2016/2018 Quadro 2 – Variação da

ALGUMAS REFLEXÕES FUNDAMENTADAS SOBRE AS CONTAS DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS DE 2018 – por EUGÉNIO ROSA

A CGD CONTINUA A PERDER QUOTA DE MERCADO DESDE QUE PAULO MACEDO ENTROU PARA A ADMINISTRAÇÃO DO BANCO PÚBLICO Quadro 1 – Variação da quota de mercado da CGD a nível de depósito – 2016/2018 Quadro 2 – Variação da

O EURO DE MÁRIO CENTENO COMO “VEÍCULO DE PROSPERIDADE”: o mito e a realidade – por EUGÉNIO ROSA

A EVOLUÇÃO DAS CONDIÇÕES DE VIDA DOS PORTUGUESES EM COMPARAÇÃO COM OS RESTANTES POVOS DA ZONA EURO SEGUNDO O EUROSTAT, O SERVIÇO OFICIAL DE ESTATÍSTICA DA U.E. O AGRAVAMENTO DA DESIGUALDADE NA REPARTIÇÃO DA RIQUEZA EM PORTUGAL A DÍVIDA EXTERNA

O EURO DE MÁRIO CENTENO COMO “VEÍCULO DE PROSPERIDADE”: o mito e a realidade – por EUGÉNIO ROSA

A EVOLUÇÃO DAS CONDIÇÕES DE VIDA DOS PORTUGUESES EM COMPARAÇÃO COM OS RESTANTES POVOS DA ZONA EURO SEGUNDO O EUROSTAT, O SERVIÇO OFICIAL DE ESTATÍSTICA DA U.E. O AGRAVAMENTO DA DESIGUALDADE NA REPARTIÇÃO DA RIQUEZA EM PORTUGAL A DÍVIDA EXTERNA

ADSE – A ADSE INICIOU O PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE 38,8 MILHÕES € FATURADOS A MAIS EM 2015 E 2016 FUNDAMENTALMENTE PELOS GRANDES GRUPOS PRIVADOS DA SAÚDE E A AMEAÇA DA APHP -INFORMAÇÃO 7/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE

A ADSE INICIOU O PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE 38,8 MILHÕES € FATURADOS A MAIS EM 2015 E 2016 FUNDAMENTALMENTE PELOS GRANDES GRUPOS PRIVADOS DA SAÚDE E A AMEAÇA DA APHP INFORMAÇÃO 7/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE Depois de muitas hesitações

ADSE – A ADSE INICIOU O PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE 38,8 MILHÕES € FATURADOS A MAIS EM 2015 E 2016 FUNDAMENTALMENTE PELOS GRANDES GRUPOS PRIVADOS DA SAÚDE E A AMEAÇA DA APHP -INFORMAÇÃO 7/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE

A ADSE INICIOU O PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE 38,8 MILHÕES € FATURADOS A MAIS EM 2015 E 2016 FUNDAMENTALMENTE PELOS GRANDES GRUPOS PRIVADOS DA SAÚDE E A AMEAÇA DA APHP INFORMAÇÃO 7/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE Depois de muitas hesitações

O SUBFINANCIAMENTO DO SNS VAI CONTINUAR EM 2019 – por EUGÉNIO ROSA

  O SUBFINANCIAMENTO DO SNS VAI CONTINUAR EM 2019: o aumento real das transferências do Orçamento para o SNS em 2019 é apenas de 262 milhões € e não de 612 milhões € como diz o governo, e a dívida

O SUBFINANCIAMENTO DO SNS VAI CONTINUAR EM 2019 – por EUGÉNIO ROSA

  O SUBFINANCIAMENTO DO SNS VAI CONTINUAR EM 2019: o aumento real das transferências do Orçamento para o SNS em 2019 é apenas de 262 milhões € e não de 612 milhões € como diz o governo, e a dívida