Posts Tagged: eugénio rosa

A IMPORTÂNCIA DAS MULHERES NA CRIAÇÃO DE RIQUEZA E NO DESENVOLVIMENTO DO PAÍS E COMO CONTINUA A SER DESVALORIZADA A SUA CONTRIBUIÇÃO – por EUGÉNIO ROSA.

A MULHER JÁ CONSTITUI QUASE METADE DA POPULAÇÃO ATIVA DO PAÍS E MUITO MAIS DE METADE DA POPULAÇÃO ATIVA COM O ENSINO SUPERIOR Quadro 1 – População ativa por níveis de escolaridade e por sexo Quadro 2 – A subutilização

A IMPORTÂNCIA DAS MULHERES NA CRIAÇÃO DE RIQUEZA E NO DESENVOLVIMENTO DO PAÍS E COMO CONTINUA A SER DESVALORIZADA A SUA CONTRIBUIÇÃO – por EUGÉNIO ROSA.

A MULHER JÁ CONSTITUI QUASE METADE DA POPULAÇÃO ATIVA DO PAÍS E MUITO MAIS DE METADE DA POPULAÇÃO ATIVA COM O ENSINO SUPERIOR Quadro 1 – População ativa por níveis de escolaridade e por sexo Quadro 2 – A subutilização

A SUBUTILIZAÇÃO DO TRABALHO EM PORTUGAL, OS BAIXOS SALÁRIOS E AS BAIXÍSSIMAS PENSÕES, E A REDUZIDA COBERTURA DO SUBSÍDIO DE DESEMPREGO – por EUGÉNIO ROSA.

A SUBUTILIZAÇÃO DO TRABALHO REDUZIU-SE EM PORTUGAL MAS É AINDA INSUFICIENTE, A PERPETUAÇÃO DOS BAIXOS SALÁRIOS EXPULSA PARA O ESTRANGEIRO OS MAIS QUALIFICADOS. Quadro 1 – A dimensão da subutilização do trabalho em Portugal – 2015/2018 Quadro 2- Salários líquidos

A SUBUTILIZAÇÃO DO TRABALHO EM PORTUGAL, OS BAIXOS SALÁRIOS E AS BAIXÍSSIMAS PENSÕES, E A REDUZIDA COBERTURA DO SUBSÍDIO DE DESEMPREGO – por EUGÉNIO ROSA.

A SUBUTILIZAÇÃO DO TRABALHO REDUZIU-SE EM PORTUGAL MAS É AINDA INSUFICIENTE, A PERPETUAÇÃO DOS BAIXOS SALÁRIOS EXPULSA PARA O ESTRANGEIRO OS MAIS QUALIFICADOS. Quadro 1 – A dimensão da subutilização do trabalho em Portugal – 2015/2018 Quadro 2- Salários líquidos

A GESTÃO RUINOSA DA ADMINISTRAÇÃO DE TOMÁS CORREIA, A SITUAÇÃO DO BANCO MONTEPIO E A DIFÍCIL SITUAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA, E O RISCO DO BANCO TER DE PAGAR AINDA AS COIMAS APLICADAS À ADMINISTRAÇÃO DE TOMÁS CORREIA

A DIMENSÃO DA DESTRUIÇÃO CAUSADA PELA ADMINISTRAÇÃO DE TOMÁS CORREIA Quadro 1 – Dados das contas do Banco Montepio – destruição causada por Tomás Correia A SITUAÇÃO DO BANCO MONTEPIO E A SITUAÇÃO DIFÍCIL DA ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA Quadro 2 –

A GESTÃO RUINOSA DA ADMINISTRAÇÃO DE TOMÁS CORREIA, A SITUAÇÃO DO BANCO MONTEPIO E A DIFÍCIL SITUAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA, E O RISCO DO BANCO TER DE PAGAR AINDA AS COIMAS APLICADAS À ADMINISTRAÇÃO DE TOMÁS CORREIA

A DIMENSÃO DA DESTRUIÇÃO CAUSADA PELA ADMINISTRAÇÃO DE TOMÁS CORREIA Quadro 1 – Dados das contas do Banco Montepio – destruição causada por Tomás Correia A SITUAÇÃO DO BANCO MONTEPIO E A SITUAÇÃO DIFÍCIL DA ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA Quadro 2 –

O AUMENTO DO NÚMERO DE TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA DURANTE O GOVERNO DE COSTA APENAS COMPENSOU UM TERÇO DA DESTRUIÇÃO DO PSD/CDS, E O PODER DE COMPRA DOS TRABALHADORES EM 2018 AINDA ERA INFERIOR EM 18,8% AO DE 2010 – por EUGÉNIO ROSA.

O AUMENTO DOS TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA DURANTE O GOVERNO PS/COSTA APENAS COMPENSOU 35% DA DESTRUIÇÃO FEITA PELO GOVERNO PSD/CDS Quadro 1 – Variação do número dos trabalhadores das Administrações Públicas-2011/18 PODER DE COMPRA MÉDIO DOS TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA

O AUMENTO DO NÚMERO DE TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA DURANTE O GOVERNO DE COSTA APENAS COMPENSOU UM TERÇO DA DESTRUIÇÃO DO PSD/CDS, E O PODER DE COMPRA DOS TRABALHADORES EM 2018 AINDA ERA INFERIOR EM 18,8% AO DE 2010 – por EUGÉNIO ROSA.

O AUMENTO DOS TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA DURANTE O GOVERNO PS/COSTA APENAS COMPENSOU 35% DA DESTRUIÇÃO FEITA PELO GOVERNO PSD/CDS Quadro 1 – Variação do número dos trabalhadores das Administrações Públicas-2011/18 PODER DE COMPRA MÉDIO DOS TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA

ALGUMAS REFLEXÕES FUNDAMENTADAS SOBRE AS CONTAS DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS DE 2018 – por EUGÉNIO ROSA

A CGD CONTINUA A PERDER QUOTA DE MERCADO DESDE QUE PAULO MACEDO ENTROU PARA A ADMINISTRAÇÃO DO BANCO PÚBLICO Quadro 1 – Variação da quota de mercado da CGD a nível de depósito – 2016/2018 Quadro 2 – Variação da

ALGUMAS REFLEXÕES FUNDAMENTADAS SOBRE AS CONTAS DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS DE 2018 – por EUGÉNIO ROSA

A CGD CONTINUA A PERDER QUOTA DE MERCADO DESDE QUE PAULO MACEDO ENTROU PARA A ADMINISTRAÇÃO DO BANCO PÚBLICO Quadro 1 – Variação da quota de mercado da CGD a nível de depósito – 2016/2018 Quadro 2 – Variação da

O EURO DE MÁRIO CENTENO COMO “VEÍCULO DE PROSPERIDADE”: o mito e a realidade – por EUGÉNIO ROSA

A EVOLUÇÃO DAS CONDIÇÕES DE VIDA DOS PORTUGUESES EM COMPARAÇÃO COM OS RESTANTES POVOS DA ZONA EURO SEGUNDO O EUROSTAT, O SERVIÇO OFICIAL DE ESTATÍSTICA DA U.E. O AGRAVAMENTO DA DESIGUALDADE NA REPARTIÇÃO DA RIQUEZA EM PORTUGAL A DÍVIDA EXTERNA

O EURO DE MÁRIO CENTENO COMO “VEÍCULO DE PROSPERIDADE”: o mito e a realidade – por EUGÉNIO ROSA

A EVOLUÇÃO DAS CONDIÇÕES DE VIDA DOS PORTUGUESES EM COMPARAÇÃO COM OS RESTANTES POVOS DA ZONA EURO SEGUNDO O EUROSTAT, O SERVIÇO OFICIAL DE ESTATÍSTICA DA U.E. O AGRAVAMENTO DA DESIGUALDADE NA REPARTIÇÃO DA RIQUEZA EM PORTUGAL A DÍVIDA EXTERNA

ADSE – A ADSE INICIOU O PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE 38,8 MILHÕES € FATURADOS A MAIS EM 2015 E 2016 FUNDAMENTALMENTE PELOS GRANDES GRUPOS PRIVADOS DA SAÚDE E A AMEAÇA DA APHP -INFORMAÇÃO 7/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE

A ADSE INICIOU O PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE 38,8 MILHÕES € FATURADOS A MAIS EM 2015 E 2016 FUNDAMENTALMENTE PELOS GRANDES GRUPOS PRIVADOS DA SAÚDE E A AMEAÇA DA APHP INFORMAÇÃO 7/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE Depois de muitas hesitações

ADSE – A ADSE INICIOU O PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE 38,8 MILHÕES € FATURADOS A MAIS EM 2015 E 2016 FUNDAMENTALMENTE PELOS GRANDES GRUPOS PRIVADOS DA SAÚDE E A AMEAÇA DA APHP -INFORMAÇÃO 7/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE

A ADSE INICIOU O PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE 38,8 MILHÕES € FATURADOS A MAIS EM 2015 E 2016 FUNDAMENTALMENTE PELOS GRANDES GRUPOS PRIVADOS DA SAÚDE E A AMEAÇA DA APHP INFORMAÇÃO 7/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE Depois de muitas hesitações

O SUBFINANCIAMENTO DO SNS VAI CONTINUAR EM 2019 – por EUGÉNIO ROSA

  O SUBFINANCIAMENTO DO SNS VAI CONTINUAR EM 2019: o aumento real das transferências do Orçamento para o SNS em 2019 é apenas de 262 milhões € e não de 612 milhões € como diz o governo, e a dívida

O SUBFINANCIAMENTO DO SNS VAI CONTINUAR EM 2019 – por EUGÉNIO ROSA

  O SUBFINANCIAMENTO DO SNS VAI CONTINUAR EM 2019: o aumento real das transferências do Orçamento para o SNS em 2019 é apenas de 262 milhões € e não de 612 milhões € como diz o governo, e a dívida

PARTE DA RIQUEZA PRODUZIDA EM PORTUGAL É TRANSFERIDA PARA O ESTRANGEIRO FICANDO MENOS PARA OS PORTUGUESES: em 4 anos foram transferidos só para “Offshores” 23.269 milhões €. A DISTRIBUIÇÃO DE LUCROS AOS TRABALHADORES DO MONTEPIO E O ESCLARECIMENTO SOBRE PAGAMENTOS DE INDEMNIZAÇÕES NA CEMG por EUGÉNIO ROSA

PARTE DA RIQUEZA PRODUZIDA EM PORTUGAL É TRANSFERIDA PARA O ESTRANGEIRO FICANDO MENOS PARA OS PORTUGUESES: em 4 anos foram transferidos só para “Offshores” 23.269 milhões €. A DISTRIBUIÇÃO DE LUCROS AOS TRABALHADORES DO MONTEPIO E O ESCLARECIMENTO SOBRE PAGAMENTOS

PARTE DA RIQUEZA PRODUZIDA EM PORTUGAL É TRANSFERIDA PARA O ESTRANGEIRO FICANDO MENOS PARA OS PORTUGUESES: em 4 anos foram transferidos só para “Offshores” 23.269 milhões €. A DISTRIBUIÇÃO DE LUCROS AOS TRABALHADORES DO MONTEPIO E O ESCLARECIMENTO SOBRE PAGAMENTOS DE INDEMNIZAÇÕES NA CEMG por EUGÉNIO ROSA

PARTE DA RIQUEZA PRODUZIDA EM PORTUGAL É TRANSFERIDA PARA O ESTRANGEIRO FICANDO MENOS PARA OS PORTUGUESES: em 4 anos foram transferidos só para “Offshores” 23.269 milhões €. A DISTRIBUIÇÃO DE LUCROS AOS TRABALHADORES DO MONTEPIO E O ESCLARECIMENTO SOBRE PAGAMENTOS

INFORMAÇÃO 6/2018 AOS ASSOCIADOS DO MONTEPIO – ELEIÇÕES NO MONTEPIO MARCADAS PARA O DIA 7 DE DEZEMBRO DE 2018 MAS A VOTAÇÃO POR CORRESPONDÊNCIA PARA 99% DOS ASSOCIADOS JÁ COMEÇOU – por EUGÉNIO ROSA

A SITUAÇÃO DO MONTEPIO E POR QUE RAZÃO ME CANDIDATO NA LISTA C DE UNIDADE: correr com grupo de Tomás Correia é urgente e possível pois caso contrário ele destrói o Montepio A RAZÃO DE UMA LISTADE UNIDADE E POR

INFORMAÇÃO 6/2018 AOS ASSOCIADOS DO MONTEPIO – ELEIÇÕES NO MONTEPIO MARCADAS PARA O DIA 7 DE DEZEMBRO DE 2018 MAS A VOTAÇÃO POR CORRESPONDÊNCIA PARA 99% DOS ASSOCIADOS JÁ COMEÇOU – por EUGÉNIO ROSA

A SITUAÇÃO DO MONTEPIO E POR QUE RAZÃO ME CANDIDATO NA LISTA C DE UNIDADE: correr com grupo de Tomás Correia é urgente e possível pois caso contrário ele destrói o Montepio A RAZÃO DE UMA LISTADE UNIDADE E POR

ANÁLISE DAS CONTAS DO 3º TRIMESTRE DE 2018 DA CGD: Como foram obtidos os resultados positivos de 369 milhões €? Diminuição de trabalhadores e fecho de agências – por EUGÉNIO ROSA

  A QUEBRA CONTINUADA NO CRÉDITO CONCEDIDO ÀS EMPRESAS E ÀS FAMÍLIAS PELA CGD E DOS DEPÓSITOS DURANTE A ADMINISTRAÇÃO DE PAULO MACEDO     Quadro 1- A queda do negócio bancário na CGD com a administração de Paulo Macedo

ANÁLISE DAS CONTAS DO 3º TRIMESTRE DE 2018 DA CGD: Como foram obtidos os resultados positivos de 369 milhões €? Diminuição de trabalhadores e fecho de agências – por EUGÉNIO ROSA

  A QUEBRA CONTINUADA NO CRÉDITO CONCEDIDO ÀS EMPRESAS E ÀS FAMÍLIAS PELA CGD E DOS DEPÓSITOS DURANTE A ADMINISTRAÇÃO DE PAULO MACEDO     Quadro 1- A queda do negócio bancário na CGD com a administração de Paulo Macedo

AFINAL O GOVERNO PRETENDE LIMITAR O DIREITO À REFORMA ANTECIPADA APENAS AOS TRABALHADORES QUE AOS 60 ANOS DE IDADE TENHAM PELO MENOS 40 ANOS DESCONTOS, NÃO APLICANDO O FATOR DE SUSTENTABILIDADE MAS APLICANDO UM CORTE DE 0,5% NA PENSÃO POR CADA MÊS (6%/ANO) QUE FALTE PARA TER 66 ANOS E 5 MESES DE IDADE, por EUGÉNIO ROSA

UM EXEMPLO CONCRETO PARA TORNAR MAIS CLARO O QUE DEVERÁ ACONTECER EM 2019 EM  RELAÇÃO À REFORMA E APOSENTAÇÃO ANTECIPADAS     MANTÉM-SE O REGIME DE REFORMA E APOSENTAÇÃO ANTECIPADAS SEM PENALIZAÇÕES PARA AS CARREIRAS LONGAS (48 anos e 46

AFINAL O GOVERNO PRETENDE LIMITAR O DIREITO À REFORMA ANTECIPADA APENAS AOS TRABALHADORES QUE AOS 60 ANOS DE IDADE TENHAM PELO MENOS 40 ANOS DESCONTOS, NÃO APLICANDO O FATOR DE SUSTENTABILIDADE MAS APLICANDO UM CORTE DE 0,5% NA PENSÃO POR CADA MÊS (6%/ANO) QUE FALTE PARA TER 66 ANOS E 5 MESES DE IDADE, por EUGÉNIO ROSA

UM EXEMPLO CONCRETO PARA TORNAR MAIS CLARO O QUE DEVERÁ ACONTECER EM 2019 EM  RELAÇÃO À REFORMA E APOSENTAÇÃO ANTECIPADAS     MANTÉM-SE O REGIME DE REFORMA E APOSENTAÇÃO ANTECIPADAS SEM PENALIZAÇÕES PARA AS CARREIRAS LONGAS (48 anos e 46

POR QUE RAZÃO SE PRETENDE AUMENTAR AINDA MAIS O PREÇO DA ELETRICIDADE ÀS FAMÍLIAS QUANDO ESTE É JÁ MUITO SUPERIOR AO PREÇO DOS PAÍSES DA U.E. – por EUGÉNIO ROSA

POR QUE RAZÃO SE PRETENDE AUMENTAR AINDA MAIS O PREÇO DA ELETRICIDADE ÀS FAMÍLIAS QUANDO ESTE É JÁ MUITO SUPERIOR  AO PREÇO DOS PAÍSES DA U.E. EM 2017, O PREÇO DA ELETRICIDADE PARA AS FAMÍLIAS EM PORTUGAL FOI SUPERIOR  EM

POR QUE RAZÃO SE PRETENDE AUMENTAR AINDA MAIS O PREÇO DA ELETRICIDADE ÀS FAMÍLIAS QUANDO ESTE É JÁ MUITO SUPERIOR AO PREÇO DOS PAÍSES DA U.E. – por EUGÉNIO ROSA

POR QUE RAZÃO SE PRETENDE AUMENTAR AINDA MAIS O PREÇO DA ELETRICIDADE ÀS FAMÍLIAS QUANDO ESTE É JÁ MUITO SUPERIOR  AO PREÇO DOS PAÍSES DA U.E. EM 2017, O PREÇO DA ELETRICIDADE PARA AS FAMÍLIAS EM PORTUGAL FOI SUPERIOR  EM