INAUGURAÇÃO DA EXPOSIÇÃO “DESASSOSSEGOS DA MEMÓRIA”, DIA 12 DE JANEIRO, ÀS 18H, NA SOCIEDADE PORTUGUESA DE AUTORES

No dia 12 de Janeiro, às 18H, inaugura-se a exposição de fotografia de Inácio Ludgero, com quadros de Rosa Llordén.

desassossegos_da_memoria

“Dois artistas que transportam os visitantes por 33 imagens e 9 quadros, para que seja impossível a qualquer visitante, ao olhar esta exposição, apagar da mente e ficar indiferente a tudo o que se passou e pensar esta Europa que nos faz desassossegar a memória, desde 1910 até aos dias de hoje, onde Aylan Kurdi, o menino sírio refugiado de 3 anos morre a 2 de Setembro de 2015 na travessia entre a Turquia e a Grécia.

O pilar desta exposição é centrado no massacre de Oradour-sur-Glâne, uma aldeia localizada a cerca de vinte quilómetros a noroeste de Limoges, em França.

A 10 de Junho de 1944, às 14horas, passados 4  dias do dia D, nas proximidades da aldeia, o comandante de um dos batalhões da divisão, alemã comunicou aos seus oficiais que havia sido avisado que um oficial das SS, um major, havia sido preso pelos guerrilheiros na aldeia e seria executado e queimado publicamente nos próximos dias.

Esse foi o rastilho para a tragédia que se seguiu.”

Local: Sala-Galeria Carlos Paredes
Rua Gonçalves Crespo nº 62 – Lisboa

Exposição patente até 31 de Março de 2016

De Segunda a Sexta-feira das 9h00 às 19h00, na Sala-Galeria Carlos Paredes (SPAUTORES) | Rua Gonçalves Crespo, nº62 – Lisboa

 

Leave a Reply