SHAKESPEARE 400, DE 16 DE JANEIRO A 4 DE JUNHO, NO TEATRO NACIONAL DE SÃO JOÃO, NO PORTO, COM ANA LUÍSA AMARAL

Se os limites do mundo são os limites da linguagem, então o mundo de William Shakespeare é ilimitado. No ano em que o mundo (aquele que ele ajudou a inventar) celebra os 400 anos da morte do seu poeta e dramaturgo, decidimos sentar-nos e ler-lhe a obra.

Shakespeare_2 l _460-252

Entre Janeiro e Junho, Ana Luísa Amaral – poetisa e ensaísta com um brilhante percurso universitário – dedica um sábado por mês a decifrar, na companhia de um pequeno grupo de leitores, o mapa-mundo que Shakespeare traçou em várias das suas peças: da mais negra e equívoca das “grandes comédias” (O Mercador de Veneza) ao texto que representa o triunfo do seu lirismo dramático (Romeu e Julieta), passando pelas tragédias que parecem transcender os próprios limites da literatura (Rei Lear ou Macbeth). A leitura dos textos será feita em tradução portuguesa e os participantes podem optar por frequentar apenas um ou vários módulos, ou todo o seminário, beneficiando, neste caso, de desconto. Cada módulo terá a duração de seis horas, repartidas em manhã e tarde.

Calendário

10-13H – 14H30 e 17H30

16 jan | O Mercador de Veneza/The Merchant of Venice

6 fev | Rei Lear/King Lear

5 mar | A Tempestade/The Tempest

9 abr | Júlio César/Julius Caesar

14 mai | Macbeth

4 jun | Romeu e Julieta/Romeo and Juliet

Ficha de inscrição em http://www.tnsj.pt/home/espetaculo.php?intShowID=861

Leave a Reply