ORQUESTRA METROPOLITANA ASSOCIA-SE AO “CAFÉ MEMÓRIA” por Clara Castilho

A Associação Portuguesa de Familiares e Amigos dos Doentes de Alzheimer está a desenvolver uma actividade a que chama “Café Memória”.

O Café Memória é um local de encontro destinado a pessoas com problemas de memória ou demência, bem como aos respectivos familiares e cuidadores, para partilha de experiências e suporte mútuo, com o acompanhamento de profissionais de saúde ou de acção social. Os encontros decorrem em sessões estruturadas, não clínicas, num espaço informal e protegido, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e redução do isolamento social. O Café Memória promove a interacção entre pessoas com experiências semelhantes e a participação dos utilizadores em actividades lúdicas e estimulantes, num ambiente reservado e seguro em que é oferecido apoio emocional e informação útil.

AMEC/METROPOLITANA, que tutela a Orquestra Metropolitana de Lisboa, associa-se ao projeto CAFÉ MEMÓRIA, numa parceria singular para promover a Música ao Vivo com o intuito de proporcionar momentos de bem-estar às pessoas com demência e seus cuidadores, principal público-alvo destes pontos de encontro que se realizam com regularidade em vários pontos do país.

Capturar

É um projecto-piloto, que contará inicialmente com uma sessão por mês a decorrer em dois Centros Comerciais da Sonae Sierra: no Centro Colombo decorrerá no primeiro sábado de cada mês; e no CascaiShopping no terceiro sábado de cada mês. Os encontros iniciam-se com o acolhimento individual de cada um dos participantes e prosseguem com a apresentação de um tema por um orador ou a realização de actividades. Contempla também uma pausa para café destinada a promover um momento de convívio entre todos.

O conceito ‘Memory Café’ está implementado em diversos países em todo o mundo. No Reino Unido, tem vindo a ser desenvolvido de forma sistemática desde o ano 2000 e é uma resposta social que está identificada no Plano Nacional Inglês para as Demências elaborado em 2009 neste país, onde funcionam mais de 60 ‘Memory Cafés’. Nos E.U.A., o primeiro surgiu em 2011.

Para além deste conceito, existem ainda os Alzheimer Cafés que funcionam de forma semelhante e estão implementados em vários países, como Holanda, Bélgica, Reino Unido ou Canadá.

O lançamento do Café Memória em Portugal é uma iniciativa da Associação Alzheimer Portugal e da Sonae Sierra e conta com o apoio de diversos parceiros institucionais: Fundação Calouste Gulbenkian; Fundação Montepio e Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa. O projeto-piloto conta, ainda, com uma rede alargada de parceiros empresariais: Portugália Restauração, Optimus, Delta Cafés, Sumol+Compal, Celeiro e Bial.

A criação do Café Memória insere-se num projeto mais vasto – “Cuidar Melhor” de Apoio aos Cuidadores de Pessoas com Demência – lançado igualmente pela Associação Alzheimer Portugal e pelos referidos parceiros institucionais, que conta ainda com o apoio dos Municípios aderentes Cascais, Oeiras e Sintra.

Para conhecer o efeito surpreendente da música em pessoas com demência e Alzheimer:

 

Leave a Reply