É DESTA QUE AVANÇAM AS OBRAS NO CONSERVATÓRIO NACIONAL? por Clara Castilho

No dia 8 de Março, em Comunicado da Comissão de Defesa da Escola de Música do Conservatório Nacional (EMCN), dizia-se:

“Passado um ano sobre o início dos nossos protestos e aproximando-se a data em que se cumprirá também um ano sobre a promessa do anterior ministro da educação de que todas as reivindicações da comunidade escolar da EMCN, tal como expressas na petição pública que acompanhou os nossos protestos (http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT76325), iriam ser satisfeitas, e com o objectivo de voltar a informar a comunidade escolar da EMCN e de esclarecer a opinião pública em geral, que de forma tão intensa defenderam e acarinharam a causa da urgência de obras de recuperação e requalificação na nossa Escola, entendeu a Comissão de Defesa da EMCN assinalar os Dias do Conservatório, celebração que procura aproximar ainda mais a nossa escola e o trabalho que nela se faz da cidade que a acolhe, com um novo comunicado com um ponto da situação sobre este processo.

1558409_798862656865945_2032823810720679880_n
Em primeiro lugar, foi já possível perceber, apesar de alguns casos pontuais menos graves de pequenas infiltrações, que as obras paliativas mais urgentes realizadas logo após os protestos têm permitido manter a escola em funcionamento, ainda que o estado de avançada degradação das instalações continue a exigir um esforço financeiro muito grande, para não deixar agravar ainda mais as muitas situações de fragilidade existentes.

Tendo em conta que a escola não recuperou ainda o corte orçamental de cerca de 50% imposto pelo anterior Ministério, as dificuldades orçamentais serão, precisamente, um dos assuntos a discutir com o novo Ministro da Educação, Dr. Tiago Brandão Rodrigues, na reunião já solicitada pela Direcção da EMCN (pedido agora reforçado pela Comissão de Defesa da EMCN), mas ainda a aguardar agendamento por parte dos serviços do Ministério.”

E apelavam a contribuições individuais, através de espectáculos de angariação de fundos, referindo as várias iniciativas todas entretanto, congratulando-se com as declarações do Ministro da Educação sobre as obras de recuperação e requalificação do Conservatório Nacional, afirmando a sua absoluta urgência e a inclusão das verbas para as mesmas no orçamento de estado.

conservatorio

A EMCN, fundada em 1835, funciona no antigo Convento dos Caetanos, construído no século XVII, e a direção reclama há vários anos uma intervenção profunda, para fazer face a problemas de degradação do edifício.

Em Fevereiro, na discussão do Orçamento do Estado para 2016, o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, afirmou que as obras na EMCN, assim como as do Liceu Camões, em Lisboa, arrancariam em 2017, com os concursos a serem lançados ainda este ano.

No sábado passado, dia 19 de Março, a escola foi visitada pelo Ministro de Educação. Esperamos que seja desta!

(Video no facebook em EU SOU Conservatório Nacional)

Leave a Reply