FESTIIVAL “REALIZAR: POESIA” CENTRA-SE EM MÁRIO SÁ-CARNEIRO – PAREDES DE COURA, DE 21 A 25 DE ABRIL

Conciliando vontades, o REALIZAR:poesia propõe um conjunto de linguagens poéticas em volta da acção de realizar conforme é tratada nos versos finais do poema Agora Escrevo de Alexandre O’Neill: “Tratava-se de realizar.// «Realizar»: fazer passar/ Para a realidade”. Este manifesto, que convoca a poesia ao desiderato novo de participação na realidade, anima os diversos momentos deste primeiro evento que terá o privilegiado âmbito de Paredes de Coura como cenário. As propostas, apresentadas por dezenas de convidados nacionais e internacionais, abrangem áreas que vão da conversa à performance, da prelecção ao teatro, do lançamento de obra literária à conferência, da leitura de poesia à musica, do cinema à exposição de acervo bibliográfico, etcetera. Pretende-se, acima de tudo, a divulgação e partilha da experiência poética, entre os seus artífices e todos aqueles que se fizerem presentes nesta mítica localidade.

 phpThumb

O REALIZAR:poesia iniciar-se-á com a inauguração de “mil anos me separam de amanhã”, iniciativa que supera o designativo “exposição” – uma viagem emocional ao universo de Mário de Sá-Carneiro, no âmbito do centenário da sua morte. A obra deste grande nome da literatura portuguesa é assunto de destaque neste REALIZAR:poesia.

Programação em: http://www.realizarpoesia.com/#!blank-1/c1l1j

 

Leave a Reply