No Palácio Foz dia 8 de Novembro 2016 às 18:00 Concerto de Canto e Piano com Angela Diel & Fábio Luz

No Palácio Foz – Sala dos Espelhos – dia 8 de Novembro às 18:00

Concerto de canto e piano com Angela Diel & Fábio Luz

canto

“Amor e Vida”

Recital de Angela Diel (mezzosoprano)

e Fabio Luz (piano)

Angela Diel destaca-se entre as vozes brasileiras mais apreciadas no Brasil e no exterior. Segundo o crítico Guido Borgomanero, de Curitiba,

“…possui uma bela voz, de timbre aveludado, bem calibrada, de puro metal, que não deixa de encantar e deleitar todos aqueles que têm a sorte de ouvi-la.”

Prêmio melhor voz feminina no prestigioso Concurso Nacional Carlos Gomes, no Rio de Janeiro, tem realizado brilhante carreira com numerosas atuações em óperas tais como Carmen de Bizet, Il Trovatore, La Traviata e Rigoletto de Verdi, A Flauta Mágica e Così Fan Tutte de Mozart, Cavalleria Rusticana de Mascagni, Il Matrimonio Segretto de Cimarosa, Ivgueni Oniéguin de Tchaikovsky, Rheingold de Wagner (no papel de Erda) e Salomé (no papel de Herodíade) de R. Strauss.

Também solista com prestigiosas orquestras – Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, Orquestra do Theatro São Pedro, Orquestra do Theatro Municipal de São Paulo e Orquestra Sinfônica Teatro Nacional Cláudio Santoro de Brasília, dentre outras – atua em Oratórios, Sinfonias e Cantatas do mais alto repertório.

Obtem importantes reconhecimentos por suas gravações, tais como o prêmio Açorianos de Música de melhor intérprete erudito pelo CD Canto Brasileiro, além do CD Cantares e pelas participações no Oratório de Natal de Saint-Saëns, em Pedra Mística de Antonio Borges Cunha, na Missa de Domingos Zípoli,em Salmos do Pe. José Maurício, sob a regência de Roberto Duarte. Angela Diel é fundadora da Casa da Música de Porto Alegre, cidade onde vive e é curadora das séries Recitais Casa da Música e Clássicos na Pinacoteca.

Sua intensa atividade em recitais leva-a às mais prestigiosas salas de concerto do Rio Grande do Sul, seu Estado de origem, e de muitos Estados do Brasil além da Argentina, Uruguai, Portugal, Alemanha, Bélgica, Luxemburgo… acompanhada por célebres pianistas, com ênfase para o repertório brasileiro.

Fabio Luz é considerado pela crítica internacional como um dos melhores intérpretes da sua geração.  Membro do júri de importantes concursos internacionais, dentre os quais os de Hamburgo (2013), Genebra, Casale Monferrato -“Soliva”, Lagonegro, o de Composição  ICOMS de Turim, etc., Fabio Luz atuou sob a regência de  Ligia Amadio, Guilherme Bernstein, Galindo, além de Baciu, Conta, Oschanitzky, Celibidache, von Abel, Peyretti, Farias, Real, Ostergren, Andreescu, Nanut, Mathauser, Noheil, dentre outros, em recitais e concertos junto a prestigiosas instituições quais “Teatro Regio”Auditorium RAI, “Circolo degli Artisti”, Conservatorio “Verdi” e  Villa Tesoriera de Turim, os Festivais “Piemonte in Musica”“Torino Settembre Musica”, Società del Quartetto di Bergamo,  Bienal de Veneza,  Villa Medici “Il Vascello” em Roma,  Conservatório de Bern,   Gasteig de Munique (Sala Carl Orff),   Teatro São Carlos e Palácio Foz de Lisboa,  Lisinsky de Zagreb,  Musikschule Konstanz,  Pianofest de Hamburgo, a série Fazioli – La Gioiosa Musa em Treviso,  IBAM, Escola de Música da UFRJ, Sala Cecilia Meirelles, Villa Riso no Rio de Janeiro, Centro Cultural SP e Sociedade de Eubiose,  Conservatório de Tatuí – Teatro Procópio Ferreira,  Teatro Apolo em Siros (Grécia) …

Seu imenso repertório compreende as obras integrais de Debussy, Ravel (ele é Mestre em Música Francesa pela Université Musicale Internationale de Paris). No Brasil sua discografia é produzida pela L’Art– Rio de Janeiro, e seu último CD dedicado aos 4  Scherzos e  4 Improvisos de Chopin, foi reeditado na Itália por Vittorio Viggiano Editore que publicou de Fabio Luz o Álbum para a juventude “Il Giardino degli Angeli”, e ainda uma coletânea de Doze peças célebrestranscritas por ele para piano solo.

Desde o Primeiro Prêmio do Concurso Nacional da Bahia em 1977, seguido do Prix International Debussy na França em 1978,  grande  parte de sua atividade tem sido dedicada à divulgação de obras de autores contemporâneos (Almeida Prado, Guilherme Bernstein, Dusan Bogdanovic, Robert Cohen, Claudio Gregorat, Osvaldo Lacerda, Nílson Lombardi, Willy Merz, Michel Philippot, Antonio Ribeiro,  Marcus Siqueira, Edmundo Villani-Côrtes …) muitas das quais são escritas para ele. De 2003 a 2011 suas master classes tiveram lugar  no Castello di Cortanze(Italia). A partir de agosto de 2013 seu curso de aperfeiçoamento e excelência pianística tem lugar no âmbito do Festival del Golfo de San Marco di Castellabate (Salerno). Coordenador a partir de 2006 do departamento de piano da Escola Superior “Città della Musica e del Teatro” em Penne (Pescara) é desde 2010 presidente da  Fundação Franz Liszt, com sede na França. Discografia completa, edições e programas da temporada no site  www.fabioluz.eu

PROGRAMA: 

Robert Schumann – Frauen Liebe und Leben  op.42

(Adalbert von Chamisso)

Amor e Vida de uma Mulher

Desde que o vi, sinto-me como cega…
Ele, o mais maravilhoso de todos…
Não consigo entender, nem acreditar…
Oh, anel no meu dedo…
Ajudai-me, irmãs minhas…
Querido amigo, fitas-me admirado…
No meu coração, no meu peito…

Robert Schumann – Romance e Intermezzo (Carnaval de Viena op.26  ) 

Hector Berlioz – Les nuits d’été

(Théophile Gautier) 

Villanelle

Le Spectre de la Rose

Sur les Lagunes

Absence – Au Cimetière, Clair de Lune

L’Île inconnue 

Marlos Nobre – Suite Beira Mar

(Folklore da Bahia)

Estrela do Mar

Iemanjá otô

Ogum de lê

*Entrada Livre condicionada à lotação da sala.

 As portas abrem 30 minutos antes.

NÃO SE ACEITAM RESERVAS PARA OS RECITAIS DE ENTRADA LIVRE.

Leave a Reply