EDITORIAL – Vamos mudar algumas coisas para que o essencial possa permanecer

Imagem2

No princípio de Agosto completamos seis anos de funcionamento ininterrupto. Após oscilações no número de visitas (algumas difíceis de explicar, como a do dia de há cerca de dois anos em que atingimos mais de 33 mil visitas), torna-se evidente que estabilizámos – o número de visitas e de visualizações mantém-se estável. Para um blogue que não aborda os consabidos temas de sensação – futebol, pornografia, por exemplo, consideramos os resultados satisfatórios -até ao fim deste ano devemos ultrapassar os três milhões de visitas,

Vamos diminuir o número de posts diários – temos dias em que ultrapassamos os 25! Muitos amigos se queixam de que não dispõem de tempo para tanta leitura.

Vamos personalizar os editoriais – não faz sentido que um coordenador fale em nome de dezenas de colaboradores – cada um falará por si. Manteremos a política de vedar a entrada a comentários que não usem uma linguagem, minimamente formal. Cortamos todos os comentários que sejam redigidos de forma insultuosa – a divergência é enriquecedora . o insulto é inaceitável, Um visitante que, embora sem usar linguagem soez, começava por considerar a opinião de um colaborador como «uma estupidez» – ao saber que o seu comentário não seria publicado, protestou – «Sois tão democratas, e exerceis censura?» Explicámos-lhe que este blogue não é um espaço do domínio público – tem proprietários que o pagam. Do mesmo modo que não convidamos fascistas, não permitimos insultos mesmo que formulados em linguagem gramaticalmente correcta.

E a navegação continua, Ouçamos o Fausto, para animar.

 

 

 

 

 

 

2 comments

  1. Maria de sa

    ” Manteremos a política de vedar a entrada a comentários que não usem uma linguagem, minimamente formal. Cortamos todos os comentários que sejam redigidos de forma insultuosa – a divergência é enriquecedora . o insulto é inaceitável,….”concordo.

    Maria

    Gostar

  2. José António Cruz de Magalhães

    Ou melhor, para navegar, navegar.
    Que a Terra é longe e a tormenta é de pasmar.

    Parabéns e bom vento

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: