SINAIS DE FOGO – FUTEBOL, LIXO E LUXO – por Soares Novais

 

Há mais três do PSD a contas com a justiça. Um Loureiro, um Sá e um “Zito”. O primeiro e o último da lista acima são de Oliveira de Azemeis e o do meio é da Trofa. E há empreiteiros e clubes de futebol metidos no “Ajuste Secreto” a que a Polícia Judiciária pôs cobro. Um “Ajuste Secreto” que, segundo os investigadores, garantiu 14 milhões de euros, carros topo de gama, entre os quais um Bentley, e vidas de luxo a tão “talentosos empresários”.

O Loureiro que agora foi apanhado pelas “teias da lei” é o Hermínio. Ou seja, aquele Loureiro que foi deputado, secretário de Estado, presidente da Liga de Clubes e que é vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol.  Em Dezembro de 2016, Loureiro abandonou a presidência da Câmara Municipal de Oliveira de Azemeis e demitiu-se da liderança da Área Metropolitana do Porto. Surpreendentemente.

A partir daí, enfiou a viola no saco e só a terá retirado, agora, para esclarecer a juiza titular do processo – a mesmo que julgou o “Apito Dourado” – sobre a razão pela qual depositou num banco 100 mil euros em notas. Verba que os investigadores entendem ser injustificada para quem tem os rendimentos que Loureiro tem.

Menos conhecido que Loureiro, mas com cadastro relevante no partido, ainda liderado pelo Dr. Coelho, é João Sá. O trofense foi companheiro de Hermínio em duas sessões legislativas e presidiu ao conselho de administração da Assembleia de República (AR). Tem especiais relações de amizade com Barroso, o Durão a quem tiraram a “passadeira vermelha” em Bruxelas e que agora está ao serviço do impoluto Goldman Sachs.

Quando abandonou funções na AR, Sá não engrossou as fileiras do desemprego: passou a presidir à Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN). Entre 2004 e 2005. A seguir tornou-se empresário, criou a Rede Ambiente, empresa que se dedica à recolha de lixo, e garantiu como clientes os muncípios de Boticas, Chaves, Gondomar, então presidido por Valentim, Oliveira de Azemeis e Paredes. Isto é, todos eles liderados por amigalhaços social-democratas pelo que, em rigor, a Rede Ambiente deveria chamar-se Rede Laranja.

Laranja é também o terceiro da lista, José Oliveira de seu nome. Oliveira preside à Comissão Concelhia do PSD de Oliveira de Azemeis e os amigos tratam-no por “Zito”.

Os três são acusados de “corrupção activa e passiva, prevaricação, peculato e tráfico de influências.” Há empreiteiros e clubes da “arraia miúda” na jogada e campos relvados para que a bola rolasse bem…

Mais uma vez, futebol e lixo são garante de luxo para alguns “empreendedores”. Mesmo que sejamos todos nós a pagar a factura.

A tempo: A juíza titular do processo deverá dar a conhecer as medidas de coação amanhã.

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: