SINAIS DE FOGO – “MIC” – por Soares Novais

 

O Facebook é cada vez mais um Mural de Imbecilidade Colectiva (MIC). “Políticos”, “figuras públicas”, figurões dos “futebóis” e gente anónima fazem questão de Passear pela Rede, a sua Patetice, em todo o Seu Esplendor…

A rede está recheada de elogios à imbecilidade. Tudo por culpa dos seus frequentadores. Independentemente da classe social onde se posicionam, dos cursos e profissões que anunciam nos seus perfis.

No Facebook abundam as  “selfies”, as fotos de família, os “bonecos” onde retratam as almoçaradas com amigos, os mergulhos dados nas quentes águas algarvias, o passeio com a cadela e as idas domingueiras aos centros comerciais.

E há, também, quem use o seu perfil para apresentar as suas “credenciais”. Como estas que aqui reproduzo:

  • Tesoureiro na empresa …

  • Técnico Superior na Câmara Municipal de …

  • Orientador de Formação na empresa …

  • Formador na empresa …

  • área de contabilidade na empresa Formador

  • Área de Fiscalidade na empresa Formador

  • Área de Informática na empresa Formador

  • Management na empresa Contabilista Certificado

  • Trabalhou como Presidente da Mesa da Assembleia Geral na empresa Associação de Pais da Escola EB…

  • Trabalhou como Presidente do Conselho Fiscal na empresa …

  • Trabalhou como Presidente da Direção na empresa Associação de Pais da Escola EB…

  • Trabalhou como Presidente do Conselho Fiscal na empresa Associação de Pais do Jardim de Infância de …

  • Estudou Gestão da Formação em …

  • Estudou Formação Pedagógica Inicial de Formadores em …

(Como se vê, tantas funções e tantos “estudos” candidatam este “facebokiano” a um lugar de destaque na aldeia global. Sem dúvida. Pedro Passos Coelho (PPC) chegou a primeiro-ministro e no seu “registo” só consta uma tardia licenciatura em Economia, a militância na JSD e no PSD, e a criação da investigada Tecnoforma. A tal empresa que PPC criou em parceria com o seu ex-amigo Relvas – brindada com mais de 6 milhões de euros de fundos europeus, que a UE investiga e cuja reabertura de processo é, finalmente, admitida pela Procuradoria Geral da República).

O “face” serve ainda para alguns anunciarem “o novo membro da família”. Seja ele o “Mercedes” importado da Alemanha ou o “jipinho” que será pago em suaves pretações.

Dar-nos registo de um  “erudito” municipal que fez questão de ser fotografado à frente do quadro “Sagrada Família com o pequeno S. João Baptista, Santa Isabel e os Anjos” de Josefa de Óbidos, que a Santa Casa da Misericórdia do Porto resgatou por 229 mil euros, num leilão em Nova Iorque, e que agora expõe no seu museu;

Ou de um paspalho da “política” que antecede uma citação de Mandela em que o Prémio Nobel da Paz considera ser “a Educação a ferramenta mais poderosa que podemos usar para mudar o mundo” com um abobalhado “não diria melhor!!!”

E também já topei um “pobre trabalhador de uma aldeia simples e humilde, que ama a sua terra” e apenas tem a “antiga quarta classe”, associar-se ao regozijo de uma parlamentar do seu PSD por mais uma conquista de Ronaldo com a seguinte frase:

“Senhora Deputada do grupo parlamentar do Partido Social Democrata, cara amiga. É de facto verdade Cristiano Ronaldo é o orgulho de Portugal. Mas para mim António Costa é vergonha nacional.”

Viva o Mural de Imbecilidade Colectiva (MIC), pois. Mark Elliot Zuckerber, o norte-americano que foi um dos fundadores do Facebook, agradece. A Zuckerber pouco importará que o seu Facebook seja agora o “fraldabook” global ou o MIC de Portugal. Ele está entre os mais influentes e ricos do mundo – em 2016 o seu património foi avaliado em mais de 50 mil milhões de euros.

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

One comment

  1. António Jorge Tavares

    Caro companheiro de tantas lutas, para se dignificar o chamado Jornalismo de outros tempos, faço a minha vénia. Porque lutas? O que se deve chamar a esses imbecis que escrevem alarvidades no Facebook, ou enviam fotos por uma “coisa” Instagram, ou lá o que seja!. Quem hoje em dia, na domina essas técnicas do insulto cobarde através das novas tecnologias, está desfazado desta nova sociedade que só sabe colocar-se frenter a uma televisão imbecil, a ver (e ouvir) alarvidades que só se destinam a distrair “a maralha”!
    Pasmei, no outro dia, quando o distinto(?) comentarista da SIC, Miguel Sousa Tavares,pomposamente sócio de um escritório de advogados, da distinta capital(segundo consta), comentava com o seu ar doutoral, o episódio do julgamento entre o casal Bárbara Guimarães/Manuel Maria Carrilho! Ao que nós chegamos!!!
    E teve, o desplante de dizer que o antigo homem da cultura do PS, tinha usufruido da circunstância de ser casado com a dita. Imagime-se…
    Infelizmente, todos nós sabemos que os nossos governantes, não têm nenhuma vergonha, e ainda continuam a não investir na educação e na cultura, como alguém afirmou esta semana no semanário “Expresso”.
    Acabem de vez, com esses comentários imbecis, e procurem o doutor Marcelo, para fazerem uma “selfie”, para o álbum de família.

    António Jorge Tavares
    Jornalista
    C.P.nº 571

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: