NESTE DIA, 12 de Fevereiro de 1809… nasceu Abraham Lincoln

(1809 – 1865)

 

Abraham Lincoln nasceu no dia 12 de Fevereiro de 1809 em Hodgenville e morreu em 15 de Abril em Washington DC. Foi o 16º presidente dos Estados Unidos da América. Esteve à frente dos destinos da grande nação americana, porventura no período mais difícil da sua história, o da Guerra Civil que a dividiu. Durante a sua presidência, aboliu a escravatura – chaga social cuja extinção terá sido a causa próxima para a guerra que pôs em confronto o Norte, que maioritariamente apoiou Lincoln e a sua política e o Sul, cuja economia assentava no regime de escravatura que permitia uma mão de obra barata.

De origem humilde, nos anos 30 do século XIX exerceu a profissão de advogado, foi membro do Partido Whig e deputado estadual do Illinois. Nos anos 40, ascendeu a membro da Câmara dos Representantes por um mandato. Em 1858 interveio em debates que tiveram eco por todo o País, onde mostrou claramente o seu repúdio pela escravatura. Em 1860, o Partido Republicano nomeou-o candidato à presidência. Hostilizado pelos estados sulistas, percorreu o Norte durante a campanha e foi eleito. A sua eleição provocou a secessáo de sete estados do Sul, que formaram os Estados Confederados da América. A ruptura com os sulistas fez com que o partido de Lincoln obtivesse um amplo controlo do Congresso. Num discurso da tomada de posse, explicou que «ambas as partes desvalorizaram a guerra, mas uma delas faria guerra ao invés de permitir a sobrevivência da Nação, e a outra aceitaria a guerra ao invés de deixar esta perecer. E veio a guerra». Quando o Norte com entusiasmo optou pela unidade nacional, após o ataque confederado ao Forte Sumter em 12 de Abril de 1861, Lincoln concentrou todos os esforços militares e políticos na guerra. O seu objectivo com esse posicionamento foi o de unir a nação. Como o Sul estava em rebelião, o presidente usou da sua autoridade para suspender o habeas corpus e prender temporariamente milhares de separatistas suspeitos sem julgamento. Lincoln evitou que o Reino Unido reconhecesse a independência dos Confederados, esgrimindo habilmente com o conflito diplomático do incidente Trent Affair no final de 1861. Os seus esforços para a abolição da escravatura incluíram a assinatura da lei de proclamação da Emancipação, encorajando os estados esclavagistas de fronteira (border states) a tornarem a escravatura ilegal, e dando impulso ao Congresso para a aprovação da 13ª Emenda à Constituição dos E.U.A., que finalmente pôs fim a essa chaga social.

O conflito militar prosseguia. Em Dezembro de 1865. Lincoln liderou pessoalmente o esforço de guerra, intervindo na escolha de generais importantes, incluindo o comandante geral Ulysses S. Grant. Substituiu todos os que sofriam derrotas. Reuniu os líderes das principais facções do partido no governo forçando-os a cooperar. Sob  o seu comando directo foi montado um bloqueio naval que fechou o comércio normal com o Sul, assumiu o controlo dos border states no início da guerra, assegurou as comunicações postando canhoneiras nos rios do Sul, e procurou tomar a capital confederada de Richmond, na Virginia, Até que finalmente Grant obteve êxito em 1865.

Um político excepcionalmente astuto e profundamente envolvido nas questões de poder em cada estado, Lincoln apoiou os War Democrats e conseguiu ser reeleito em 1864. Como líder de uma facção moderada do Partido Republicano, observou que as suas medidas  haviam “transbordado para todos os lados”: os republicanos radicais exigiam represálias severas para o Sul, os War Democrats desejavam um maior comprometimento (os «cooperfields», democratas pacifistas, desprezavam os membros do seu partido que defendiam o conflito). Dado o seu sucesso, os secessionistas tramaram o seu assassínio. Lincoln reagiu, colocando seus oponentes um contra o outro, e apelando para o povo americano com seu poder de argumentação. O discurso de Gettysburg (1863) é uma das peças de oratória mais citadas na história dos EUA,, clara demonstração dos valores democráticos defendidos por Lincoln,

Seis dias após o general Robert E. Lee das forças Confederadas se render, Lincoln foi morto a tiro pelo actor e simpatizante confederado John Wilkes Booth – Foi o primeiro presidente dos Estados Unidos a ser assassinado.

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: