PROIBIR NA ESCOLA por Luísa Lobão Moniz

A vida da escola tem sido pautada por muitas proibições e violentos castigos.

Desde que se entra no portão da Escola as regras começam a ser diferentes das regras que se vive em casa, em qualquer casa de famílias de diversos saberes e culturas.

Há grupos culturais que têm mais em dificuldade em entender certas restrições dos seus comportamentos, como a comunidade cigana.

Desde que entrei na Escola que sempre ouvi a palavra não e castigo.

Antes do 25 de Abril as raparigas não podiam ir para a Escola de calças ou de mini saia. Hoje em dia até custa a acreditar que se pudesse proibir e que não se desobedecesse.

Havia liceus que proibiam as alunas de irem para a Escola de camisolas sem mangas.

Era obrigatório ir de bata para a Escola.

Proibir, proibir, proibir era o lema das direcções das escolas. Havia o espalhar do medo do diferente, da liberdade de se vestir o que se gostasse o que seria a porta aberta para a desobediência.

Quando há proibição há medo, pois quem proíbe é quem manda e tem o poder de castigar.

Já lá vai o tempo em que se proibia o uso das máquinas de calcular na sala de aula.

Já lá vai o tempo em que as raparigas não se podiam maquilhar, a maquilhagem seria o primeiro passo para comportamentos desadequados com rapazes.

Era proibido dar gargalhadas nos refeitórios sob pena de se ser castigado e sair e só almoçar no fim.

Todas as cores, sons, imagens que pudessem ser diferentes, que não pudessem ser controlados pelos adultos eram proibidos.

Geralmente quando a Escola percebe que não consegue controlar, por exemplo, o uso do telemóvel, proíbe o seu uso e quem o fizer fica sujeito ao respectivo castigo.

Proibir-castigar é Educar para a Liberdade, para a Cidadania?

O que é o telemóvel, para que serve, como o podemos utilizar, o que não se deve fazer e porquê?

Utilizar correctamente o telemóvel é mais um conhecimento que todos aprendem.

Tudo tem um lado bom e um lado mau.

Quem não quiser aceitar a liberdade terá que ser responsável pelo seu acto perante os outros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: