INFORMAÇÃO 5/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE – RESPOSTA AOS ATAQUES DOS GRANDES GRUPOS PRIVADOS DA SAÚDE, COLIGADOS NA APHP, À ADSE E UM ESCLARECIMENTO AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE – por EUGÉNIO ROSA

 

 

INFORMAÇÃO 5/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE

(peço ajuda para que esta informação chegue aos trabalhadores e aposentados da Função Pública)

RESPOSTA AOS ATAQUES DOS GRANDES GRUPOS PRIVADOS DA SAÚDE, COLIGADOS NA APHP, À ADSE E UM ESCLARECIMENTO AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE

 

O QUE É A ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE HOSPITALIZAÇÃO PRIVADA E QUE INTERESSES DEFENDE

 

 

O COMUNICADO DA “APHP” CONTRA MIM ONDE APRESENTA TAMBÉM, E ISSO É O MAIS IMPORTANTE, UM PESADO CADERNO DE ENCARGOS E REIVINDICAÇÕES CONCERTADAS ENTRE OS GRUPOS À ADSE

 

Preços faturados por diferentes prestadores em relação aos mesmos medicamentos em 2017

 

 

A VERDADEIRA HISTÓRIA DE “Centenas de médicos do privado proibidos de atender doentes da ADSE

 

 

 

UM COMUNICADO DA ERS CONTRA OS ACORDOS PREFERENCIAIS DA ADSE QUE ESTABELECEM CONDIÇÕES MAIS FAVORÁVEIS PARA A ADSE E PARA OS BENEFICIÁRIOS, E A SUA ESTRANHA PASSIVIDADE PERANTE A AÇÃO CONCERTADA DOS GRANDES GRUPOS PRIVADOS DA SAÚDE

 

 

A SITUAÇÃO DA ADSE E A NECESSIDADE DE ATUAR COM RIGOR, PRUDÊNCIA E RESPONSABILIDADE

 

 

Eugénio Rosa, Economista, eleito pelos representantes dos beneficiários para o Conselho diretivo da ADSE -12-8-2018

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

3 comments

  1. Ana GONÇALVES

    Importante mesmo é saber quando vão fazer a reposição do dinheiro da ADSE desviado para o SNS da Madeira. Isso sim é prejuízo para quem descontou. A ADSE anda muito mal gerida. Compadrios. Que volte para a alçada do Ministério das Finanças onde sempre pertenceu.

    Gostar

  2. Maria Odete Pais Gonçalves

    Cheira-lhes a dinheiro! Não esquecer que o q está,LÁ,é-nos descontado enquanto vivermos! Ninguém nos dá nada!!!

    Gostar

  3. António Mota

    Sou o beneficiário da adse nº012762679. Em Dezembro de 2017 fiz uma endoscopia, num hospital privado, tendo enviado por correio electrónico a digitalização da factura, num dos formatos e dentro dos limites impostos no site da adse, ficando a aguardar o reembolso. Como, geralmente o prazo costuma ser muito longo, só há dois ou três dias contactei esta entidade, e qual não foi o meu espanto quando me foi dito que, além deste envio, deveria também ter enviado em papel e que era por isso que não tinha sido reembolsado. Fui ainda informado que o prazo é de 6 meses e tinha já expirado. Acontece que na altura em que fiz o envio, me tinham respondido a uma questão que relativa a um documento esclarecendo que só o enviariam depois do reembolso, não aludindo à necessidade do envio paralelo da factura em papel.
    Pergunto : Se, acompanhado a evolução tecnológica adoptaram a informática, mantendo o papel, não estarão a tornar mais burocrática a, anterior burocracia?
    Se me deram aquela resposta, porque não me informaram da necessidade, absurda, do envio em papel?
    Considero uma injustiça já que tenho sido mais contribuinte do que beneficiário e, dadas as circunstâncias relatadas é uma prepotência

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: