NOTURNO, de CHOPIN, por MENAHEM PRESSLER

(1810 – 1849)

Obrigado à Rachel Gutiérrez

2 Comments

  1. Impossível não compartilhar tamanha beleza, caro João ! Fico feliz que você a tenha divulgado aí também. A perfeição dessa interpretação de Menahen Pressler provoca nos melômanos verdadeiros êxtases de prazer estético.
    grande abraço da amiga
    Rachel

Leave a Reply