LIVRO DE CARTAS DE AL BERTO por Clara Castilho

Al Berto teria feito 71 anos de idade no passado dia 11 de Janeiro…

Escreve no Facebook da editora Frenesim Livros,  Paulo da Costa Domingos:

“Alguns amigos – certamente também os familiares – lembrar-se-ão dele nesse dia. Coimbra, se calhar, é natural que não queira lembrar-se como recebeu o poeta na cantina da Universidade numa tremenda leitura de poemas a 17 de Janeiro de 1992… Eu lembro-me muito bem dele na cama do Hospital dos Capuchos. Lembro-me do triste dia 13 de Junho de 1997…


E por várias vezes, ao longo destes anos, protagonizei ou fui convidado a participar em singelas homenagens à sua memória – como escritores cúmplices, como amigos episodicamente conflituosos, como guerreiros, mesmo quando distantes, no mesmo campo de honra.

Neste ano de 2019 estamos a lembrá-lo com a publicação de um breve caderno com um cirúrgico conjunto de cartas suas, por mim contextualizadas, ilustrado com fotografia das vedetas tomada do natural por Paulo Nozolino na varanda da sua “oficina literária” na Rua do Forte (Sines) em 1983.

A este conjunto foi dado o nome de “AL BERTO: A BUSCA. A SOLIDÃO. A MORTE. E SEMPRE SEMPRE ESTE NOSSO IDIOMA [cartas inéditas e outras raridades, transcrição quase diplomática anotada por Paulo da Costa Domingos]

É um pequeno volume de 20 págs.

Pode ser pedido para pcd.frenesi@gmail.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: