As sílabas marginais / “ponto de partida” / texto de Nelson Ferraz

One comment

  1. Raul Manuel Freitas Araujo Rocha

    Que maravilha!!!!A solidão -atravessa-se no poema,,As metáforas são arrojadas e dão-nos um soco…Obrigada, meu amigo…Que lucidez!!!!!!!

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: