Atividades Hot Clube de 25 a 29 de Fevereiro 2020

Hot Clube – Praça da Alegria 48

Dia 25 de Fevereiro

COMBO DE ALUNOS DA ESCOLA DE JAZZ LUIZ VILLAS-BOAS

Esta noite é destinada à Escola de Jazz Luiz Villas-Boas | HCP.

Combo Música Popular Brasileira da Escola de Jazz Luiz Villas-Boas, dirigido pela professora Margarida Campelo. Concerto a partir das 22h30, passando depois para jam aberta aos músicos que queiram participar. Entrada livre.

Dia 26 de Fevereiro

“PLANETARIUM” (4)

Planetarium – A música de ” Interstellar space” de John Coltrane no Hot Clube!

Nas quartas feiras de Fevereiro celebramos a música explosiva e meditativa do disco “Interstellar Space”.

Um disco de John Coltrane,  um dos músicos de jazz mais influentes de sempre,  gravado a 22 de Fevereiro de 1967. “Interstellar Space” foi uma das suas últimas gravações, que viria a ser editada  7 anos após a sua morte. Trata-se de um conjunto de temas em duo com o baterista Rashied Ali. Música exigente mas muito profunda, resume um pouco todas as explorações musicais de Coltrane ao longo da sua vida. Plena de contrastes, com muita improvisação mas também com alguma música escrita, são peças que funcionam como pequenas sinfonias, tal o grau de sofisticação formal que Coltrane consegue atingir.

Para celebrar o espírito desta obra, o Hot Clube recebe todas as quartas feiras do mês de Fevereiro, duos constituídos por proeminentes músicos do Jazz português, sempre com a bateria em primeiro plano .

Esta noite no Hot Clube:

22h30:

Gonçalo Marques – trompete; João Pereira – bateria.

00h00:

Marco Franco – bateria; Francisco Andrade – saxofone tenor.

10€ para não sócios, entrada gratuita para sócios.

Dias 27 a 29 de Fevereiro

BRUNO SANTOS TRIO

Bruno Santos – guitarra; Romeu Tristão – contrabaixo; João Pereira – bateria + Filipe Melo – piano.

Bruno Santos Trio

“Para estas 3 noites no Hot Clube, chamei um amigo de longa data com quem comecei a tocar esta música e com quem fiz muitas horas de estudo, sessões, audição de discos e afins. Aprendi muito com ele sobre o rigor de tocar uma melodia e aprender as canções, que chamamos standards do jazz, de ouvido e de memória. Deixa-me muito feliz ter o Filipe Melo, no piano, para estas 3 noites no Hot. Mais ainda porque inicialmente só poderia estar em 2 dessas noites, mas estará nas 3.

Além do Filipe, junto 2 grandes músicos da nova geração, já firmados e afirmados. Com eles ganhei novo alento para de alguma maneira repetir o que fiz com a idade deles. Assisti, de muito perto, à meteórica ascensão destes 2 rapazes. Falo do Romeu Tristão (contrabaixo) e o João Lopes Pereira (bateria).

Desafiei-os, aos 3, a tocar uma dúzia de canções de que gosto muito, dessa chamada lista de standards, mas que são tão antigas que já estão um pouco esquecidas e pouco tocadas.

Tenho impressão que serão 3 noites bem passadas a tocar música bonita, no melhor sítio para o fazer e rodeado de 3 bons amigos.”

Bruno Santos

Leave a Reply