PROTEJO – MOVIMENTO PELO TEJO – NOTA DE IMPRENSA – MOVIMENTO IBÉRICO ANTINUCLEAR EM PORTUGAL ELEGE NOVA COMISSÃO COORDENADORA E REITERA PEDIDO DE REUNIÃO COM O MINISTRO DO AMBIENTE DE PORTUGAL

O rio Tejo visto do castelo de Almourol

 

 

NOTA DE IMPRENSA

25 DE SETEMBRO DE 2020

MOVIMENTO IBÉRICO ANTINUCLEAR EM PORTUGAL ELEGE NOVA COMISSÃO COORDENADORA E REITERA PEDIDO DE REUNIÃO COM O MINISTRO DO AMBIENTE DE PORTUGAL

A Assembleia Geral do Movimento Ibérico Antinuclear em Portugal (MIA PT) reuniu esta quinta feira (via online) para eleger a sua Comissão Coordenadora e definir a agenda dos próximos meses.
As questões do nuclear continuam a ser um tema de enorme importância para Portugal, tendo em conta os recentes desenvolvimentos em Espanha que indiciam a continuação do funcionamento da Central Nuclear de Almaraz por mais 8 anos. Reafirmamos que um acidente em qualquer dos dois reactores da central de Almaraz constitui um perigo sem precedentes, não só para o território espanhol, mas também para toda a bacia do Tejo, em Portugal, com incidência extrema nas regiões fronteiriças.
Com efeito, e contrariamente à decisão prévia de encerrar a Central em 2021, o Conselho de Segurança Nuclear de Espanha deu em um aval positivo à intenção da empresa em prolongar o seu funcionamento até 2028. Aguarda-se agora a decisão final do Governo Espanhol que, tudo indica, irá aceitar a proposta.
O MIA PT considera esta situação inaceitável e não compreende como o Governo Português permanece completamente passivo em relação a uma situação que tem implicações profundas numa parte significativa do território português.
Tendo sido solicitada uma reunião com o Ministro do Ambiente a propósito desta questão, à qual não foi dada qualquer resposta, o MIA PT irá insistir junto do Ministério do Ambiente e Ação Climática. São, ainda, previstas acções que continuarão até ao encerramento definitivo da central de Almaraz (e de todas as outras) e ao seu desmantelamento em segurança.
O MIA PT irá também acompanhar os procedimentos para a realização da Cimeira Ibérica que se deverá realizar nos próximos meses em Portugal (após o seu recente adiamento).
Também está a ser organizada uma Conferência Ibérica, em conjunto com o MIA em Espanha, a decorrer online e em data ainda a definir, que irá debater temas relacionados com o nuclear e os territórios e sustentabilidade.
A Comissão Coordenadora agora eleita é composta por:
Ana Silva (Movimento ProTejo/Eco-Cartaxo)
António Minhoto (AZU)
Carla Graça (ZERO)
José Janela (Quercus)
José Louza (Ecocartaxo/ ProTejo)
José Moura (ProTejo/AZU)
Romão Ramos
Portugal, 25 de Setembro de 2020
A Comissão Coordenadora do MIA em Portugal
MIA – Movimento Ibérico Antinuclear
Para mais informações, contactar:
966395014 – António Minhoto
960207080 – José Janela
O MIA é um movimento composto por coletivos ambientalistas e instituições de Portugal e de todo o Estado Espanhol. Em Portugal integra cerca de 30 coletivos.

Leave a Reply