GIRO DO HORIZONTE – ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS – por PEDRO DE PEZARAT CORREIA

 

__________

O comentário de Luís Noronha Botelho, da Associação 25 de Abril:

 

7 Comments

  1. Prezado Pezarat, os resultados do João Ferreira são praticamente iguais aos do candidato Edgar Silva, incluindo Alentejo. Por outro lado, segundo estudo do Público o CHEGA recebeu votos de quase todos os partidos, com excepção do PCP.

  2. O comentário de Vasco Lourenço, presidente da Direcção da Associação 25 de ABril:

    “Caros associados
    Realizadas as eleições presidenciais, surgem as mais diversas leituras e interpretações dos seus resultados.
    A indústria dos comentadores que hoje nos assola atingiu tal dimensão, cada um a tentar fazer chegar a brasa à sua sardinha, que o pobre cidadão comum, como é o nosso caso, tem dificuldade em perceber o que se terá passado, de facto.
    Dois Capitães de Abril – o Pedro Pezarat Correia e o Nuno Santa Clara Gomes – habituaram-nos há muito, cada um no seu estilo próprio, a óptimos textos que nos ajudam a compreender o que vai acontecendo no Mundo e, em especial, em Portugal.
    Com as nossas felicitações e os nossos abraços amigos e de Abril, a dois Capitães de Abril de todas as horas, aqui ficam dois textos, na esperança de que vos ajudem a poder compreender melhor alguns pormenores do que se passou nestas eleições presidenciais e no que aí pode vir…
    Cordiais saudações de Abril
    Vasco Lourenço”

  3. O comentário de Manuel Custódio de Jesus, da Associação de 25 de Abril:

    “Sr general, caro amigo e camarada general Pezarat Correia;
    Desculpe a ousadia, mas como somos militares de Abril, logo penso que devemos afirmar a estima soidariedade entre nós.
    E, como o sr fez uma apresentação, no Clube do Sargento da Armada, ainda no Bairro Alto, dum livro que coordenei e, desde ai sempre passou a haver uma certa estima e respeito e o interessei pelos vossos textos e depois na leitura do Referencial, onde foi director, assim como nos encontros de algumas homenagens feitas ao general Vasco Gonçalves, pela ACR
    Como sou sócio da Associação 25 de Abril e, claro, recebi o mail que a Associação enviou com o seu texto sobre as eleiçôes. Mas, logo após a leitura do vosso texto, li o texto da Abril Abril no link que vos envio e disse: para mim, devias enviar este texto ao Sr general, pois ele pode não o conhecer e é bom clarificar leituras, sobre o resultado das eleiçoes, pois o que por aí foi vendido como resultados das elições, não é muito correcto e só os Nºs correctos podem clarificar as leituras que se fazem.
    Pronto, sr general, fiz o que a minha consciência me determinou, logo, queira receber a minha continuada estima, assim como os meus respeitosos cumprimentos
    Manuele Custódio de Jesus

    PSD a perder e Rio a mandar bolas para fora

    https://www.abrilabril.pt/nacional/psd-perder-e-rio-mandar-bolas-para-fora

  4. O comentário de Eduardo Marques, da Associação 25 de Abril:

    “De: Eduardo Marques
    Enviada: 27 de janeiro de 2021 17:54
    Para: ‘Secretaria’
    Assunto: RE: Notícias da A25A – Eleições presidenciais

    Obrigado mais uma vez pelas importantes contribuições.
    Como tenho ideias que acho pouco debatidas sobre o assunto, aqui as digo.
    1-Sobre a candidatura de Ana Gomes: ela tentou forçar um apoio do PS, que não se concretizou, nem se esperava que fizesse. Assim saindo pela porta esquerda do PS, só podia afetar as candidaturas à esquerda.
    Logo como está na cartilha, pode ter sido uma estratégia divisionista e debilitadora dessa esquerda.
    Assim que o PS declarou que ficava naturalmente com o presumível ganhador, devia ter considerado a sua situação.
    Teve a vantagem de ficar a frente do Ventura, mas isso não se sabia ao lançar a candidatura. Foi beneficio marginal.
    2- Sobre o resultado do BE e Marisa, tem de se considerar a candidatura da AG, que lhe tirou votos, logo nem tudo é perda.
    3- Sobre o resultado do João, foi melhor do que o anterior do Edgar, de modo que marcou pontos. Mesmo que o numero de votos fosse menor, também o numero de eleitores foi menor. Como sabemos o PCP tem mais significado nas autárquicas e desde sempre com grandes diferenças em relação as do PR.
    4- Sobre o Ventura, ele procurou mais apelar aos descontentes com o sistema, logo não foi discurso só de direita. E teve bastante cobertura mediática e até dos outros que todos o referiam e assim davam importância.
    A situação económica da maioria esta pior, metade dos portugueses vive com rendimento entre o salario mínimo de 665€ e 800€ o salário médio. E as desigualdades e dificuldades crescem. E a politica conduzida em excesso nos meios de comunicação, tentando convencer de estar bem o que as pessoas sabem por experiência própria esta mal. Apesar da pobreza extrema ter diminuído, houve um empobrecimento notório da classe média, pelo que se constituiu uma classe pobre que já é mais de metade da população, como se disse. E se considerasse uma pobreza europeia, logo os que ganham menos de 60% do rendimento médio europeu, que esta nos 2mil€ per capita, então uma grande maioria é pobre europeu, pois a ganhar menos de 1200€. Logo há motivos para os menos politizados e descontentes, nesta faixa alargada de pobreza, votarem em quem parece ser mais desagradável aos que estão no Centrão PS-PSD, e este aspeto não é abordado, pois foi sendo reforçado por todos do centrão que se viam incomodados com o Ventura. Neste aspeto o Rui Rio desdramatizou e de certo modo esvaziava se não fossem os que isso não calaram, reforçando por isso o argumento de estarem incomodados, apelando aos que queriam incomodar a ser esse o caminho.
    Mas sobre qualquer questão o importante é equacionar, definir e depois analisar os argumentos.

    Saudações”

  5. O comentário de Jtenente Hernandez, da Associação 25 de Abril:

    “De: Jtenente Hernandez
    Enviada: 27 de janeiro de 2021 19:45
    Para: Secretaria
    Assunto: Re: Notícias da A25A – Eleições presidenciais

    Não concordo muito com alguns pontos do que expressam, pelo facto de; analizando resultados por concelho verificar que estando-se a falar de eleições presidenciais o João Ferreira , não ficou aquém dos resultados obtidos por Edgar Silva nas anteriores presidenciais , muitos contactos que tive em conversa informal verifiquei que muitas pessoas que habitualmente votam no PCP , irião votar no Marcelo, por o considerarem amigo , estar a proceder bem, ser simpático etc etc etc , o mesmo fizeram os votantes habituais do bloco de esquerda (que são não militantes ao contrário dos do pcp) que em muitos casos também votaram Ana Gomes.
    A posição ao lado do Governo de Marcelo Rebelo de Sousa , empurrou muitos militantes do PSD a votarem no André , e a maioria dos eleitores do CDS a fazerem o mesmo, aí sim com o perigo de acabar o CDS fica numa posição delicada.
    É claro que a faxaria sabe unir-se , mesmo que o lider seja um aborto , o que interessa é derrubar a esquerda , ao contrário a esquerda não consegue a unidade e dificilmente um candidato comum , basta lembrar e vc sabe bem o que aconteceu com o Sampaio da Nóvoa. Enquanto assim for e não existir entendimento para alguns vale mais perder do que trabalhar em conjunto .
    É isto que põe em risco o 25 de Abril e as suas conquistas. Nas próxima autárquicas teremos oportunidade de ver como será , como os partidos concelho por concelho podem efectuar uniões para derrotar a direita fascista , porque agora têm uma vantagem , sabem onde eles estão, estavam escondidos no PSD e no CDS agora estão à mostra . E não vai demorar muito dependendo desses resultados para termos lá o Passos Coelho e o Santana Lopes.”

  6. O comentário de António Pena, da Associação 25 de Abril:

    “De: antoniopena@netcabo.pt
    Enviada: 27 de janeiro de 2021 19:06
    Para: ‘Secretaria’
    Assunto: RE: Notícias da A25A – Eleições presidenciais

    Meu caro Vasco Lourenço.
    Obrigado pelo envio dos textos. Com eles confirmo o que se podia fazer ao nível da A25A. A Associação tem potencial que pode contribuir para melhorar Portugal. Agora importa valorizar a necessidade de mudanças.
    No Gr-CHT/e-mail fiquei a saber a opinião ao Vasco Lourenço relacionada com as classificações de Capitão de Abril e Militar de Abril, podemos clarificar o que atualmente é necessário para se poder incluir nessas designações em termos de responsabilidade face a melhorar Portugal de 2021/2022.
    Outra boa nota recolhida no Gr-CHT/e-mail, tem a ver com vivências do Vasco Lourenço se poderem praticar na A25A a partir de, “’Uma vez Aprendiz, Aprendiz toda a vida!’ E eu voltei a praticar a máxima do Eterno Aprendiz!’” [ e-mail de23jan2021 (15h29)].
    Parabéns e agradecimento aos General Pezarat Correia e Coronel de Infantaria Santa Clara Gomes. Ambos já da idade que estudo no âmbito da Longevidade (mais de 75 anos), ambos ligados à Infantaria (o nosso General é oriundo dessa Arma), pelas suas sabedorias e, principalmente, disponibilidade para assumirem missões ao nível da A25A para melhorar Portugal.
    Um abraço da maior consideração e muita amizade,
    Pena.”

Leave a Reply