BRASIL – THE INTERCEPT BRASIL – CONTRAGOLPE – UM CONGRESSO DE RADICAIS DA DEMOCRACIA – por CARLA JIMENEZ

Commons Wikipedia

 

Quarta-feira, 21 de setembro de 2022

 

Com o Centrão no encalço, não se pode errar a escolha.

 

A eleição para presidente sempre domina a pauta brasileira e deixa pouco espaço para falar da composição do futuro Congresso. Em 2022, diante da disputa pela democracia sob um governo mitômano, o debate, que já era coadjuvante em outras eleições, ficou mais ofuscado ainda. Não é à toa que sete em cada 10 eleitores não sabiam ainda em quem votar para o Parlamento e para as assembleias estaduais até a semana passada, segundo pesquisa do Datafolha. Em compensação, 78% já definiram seu voto para presidente, de acordo com o instituto.

Muita gente deixa para decidir os nomes de seus parlamentares literalmente no dia de eleição. Inclusive pedindo indicação de amigos ou parentes para saber em quem votar para deputado ou senador. Mas se já era uma prática arriscada até 2018, agora, ela se torna muito perigosa. Com o advento do orçamento secreto, que permitiu carimbar verbas a parlamentares diretamente sem passar pelos ministérios, a bancada do Centrão, a mais beneficiada pela manobra orçamentária, triplicou a aposta em candidatos a deputados e senadores este ano.

Um risco enorme de manter tudo como está no Brasil a partir do ano que vem. Tudo como está, a favor das bancadas da Bíblia, da bala e do boi e das negociatas do “toma lá dá cá”, que beneficiem o lobby de setores que estejam faturando no balcão de negócios do Congresso.

(continua)

Para continuar a ler este texto clique em:

CARLOS GABY: CONTRAGOLPE Um Congresso de radicais da democracia (prensaitz.blogspot.com)


Para ler mais artigos como o da Carla, assine a newsletter do The Intercept Brasilhttps://theintercept.com/brasil/newsletter/

Leave a Reply