Excesso de higiene aumenta alergias – por Octopus

 

Excesso de higiene, de vacinação e de medicamentos poderão perturbar o nosso sistema imunitário e estar na origem do aumento do número de alergias.

 

Actualmente, nos países desenvolvidos, 1 em cada 3 pessoas sofre de uma qualquer doença alérgica, há 40 anos atrás, eram apenas 1 em cada 20.

 

 

Durante muito tempo, culpabilizou-se a poluição das grandes cidades como sendo a principal causa do aumento das alergias, actualmente, pensa-se que o excesso de higiene nos primeiros anos de vida poderá ser o grande responsável.

 

Em Dezembro de 2009, foi publicado um artigo na revista “Proceedings of the Royal Society B” em que 3000 crianças das Filipinas foram seguidas desde 1983, durante 22 anos. Desde os seus nascimentos, que foram anotadas as condições de vida destas crianças: tipo e frequência de higiene, alimentação, condições de habitação, presença de animais,… 

 

Vinte anos mais tarde, as suas taxas de PCR (Proténa C reactiva), implicada nas reacções inflamatórias, era de 0,2 mg/l. En contrapartida nos estados unidos os jovens adultos têm taxas entre 1 a 2 mg/l, ou seja dez vezes mais. Sendo igualmente a proporção de alergias nas crianças das Filipinas dez vezes menor do que nas crianças americanas.

 

Os autores deste estudo chegaram à conclusão de que uma exposição aos micróbios durante a infância faz com que a taxa de PCR seja menor na idade adulta.

 

Recentemente, um artigo publicado no “Journal of Clinical Investigation” revela que o aumento dos casos de asma é devido à erradicação sistemática nas sociedades ocidentais da bactéria gástrica Helicobacter Pylori. 

 

Com efeito, cerca de metade da população mundial é portadora sã desta bactéria, como muitas outras aliás. Mas, em certas condições, este micróbio pode desencadear, pelo menos é o que pensam actualmente os investigadores, gastrites, úlceras e cancro do estômago. 

 

Por essa razão a maioria dos médicos não arrisca e destrói sistematicamente a presença do Helicobacter Pylori com uma antibioterapia preventiva. Resultado esta bactéria outrora hospedeiro habitual no nosso organismo, foi praticamente erradicada nas nossas sociedades “avançadas”. 

 

Assim, uma grande parte do aumento das alergias nos países industrializados poderá estar ligada à utilização generalizada e abusiva de antibióticos e ao desaparecimento induzido dos microorganismos que povoam o corpo humano.

 

http://rspb.royalsocietypublishing.org/content/early/2009/12/08/rspb.2009.1795.full.pdf

http://www.lesmotsontunsens.com/l-hygiene-source-de-maladies-6801

http://www.mediadesk.uzh.ch/articles/2011/Helicobacter-pylori_en.html

http://www.lesmotsontunsens.com/sante-l-homme-eradique-des-bacteries-qui-le-protegent-10735

 

 

 

Leave a Reply