“Roma, Cidade Aberta”

VAMOS AO CINEMA

Entre 1943 e 44, Roma, sob ocupação das tropas alemãs, é declarada cidade aberta, para evitar bombardeamentos aéreos. Nas ruas, comunistas e católicos põem de parte as suas divergências para combater os alemães e as tropas fascistas italianas. Filmado logo após a libertação da itália, com cenários reais e com actores amadores, Roma, Cidade Aberta, realizado por Roberto Rossellini em 1948, transformou-se numa referência fundacional do neo-realismo italiano, que mostrou ao mundo que era possível fazer bom cinema mesmo sob as condições mais precárias.

Roma, Cidade Aberta é considerado pela crítica mundial um dos melhores filmes da história do cinema. Lamentamos ter de o apresentar com dobragem em castelhano, pois não há vídeo disponível legendado em português. As imagens são tão fortes que resistem a uma técnica que consideramos mutiladora, apenas aceitável em filmes de menor qualidade.

Um elenco encabeçado por Aldo Fabrizi e Anna Magnani.

LOGO À UMA DA MANHÃ EM PONTO – ROMA, CIDADE ABERTA

 

Leave a Reply