ENGATES – por Fernando Correia da Silva

Um Café na Internet

– Ai que susto.

– Susto, D. Maria? Sou assim tão feio?

– O sr. Manel é muito abrutalhado para o meu gosto.

– Sou homem.

– Só gosto de homens meigos.

– Também sou meigo.

– Não acredito.

– A D. Maria só me viu em pé, não sabe o resto.

– E não pretendo vê-lo noutra posição.

– Tem a certeza? Não sabe o que perde.

– Certeza, certezinha.

– D. Maria, a senhora está divorciada e eu estou viúvo. Estamos os dois sozinhos, cada qual para o seu lado. Isto assim não é viver. Talvez pudéssemos juntar os trapinhos, o dia está tão bonito…

– Vá longe o agoiro!

– Não sei por quê.

– Se não sabe, aprenda: velhos caturras como nós somos, só sabem chatear-se uns aos outros. 

– É da idade. Mas o que é que a gente há-de fazer, ó D. Maria? Entre nós, só mimos e meiguice.

– Nem pensar!

– Então o que é que eu faço? Vou engatar miúdas?

– Deu no 20, Sr. Manel. Só assim fica mais novo…

– E a senhora?

– A mesma coisa, transfusão de energias.

– Então sempre é verdade.

– O quê?

– Que a senhora só gosta de garotos. Eu nem queria acreditar… 

– É verdade, sim senhor! A nova geração deve alguma coisa à mais velha, não deve?

– Lá isso deve. E muito.

– Então Sr. Manel, trate de cobrar o que lhe devem…

Leave a Reply