BURRICADA – por Fernando Correia da Silva

Um Café na Internet

  – Zé Vera organiza a burricada à serra do Socorro. À última hora o padre também resolve ir, pois há galifões a arrastar a asa à Florbela, a tal sua irmã muito bonita e muito boa. Fica toda a gente consternada, menos liberdade, maior contenção nos disparates. Para o padre, que é um homem muito alto e muito magro, arranjam-lhe um jumento muito baixinho e ele tem que encolher as pernas se não quer gastar as solas a arrastá-las pelo chão.

– Quem escolheu o jumentinho? O tio Manecas?

– Não, não, o Zé Vera é que fez a escolha. Não grama a padralhada nem com molho de tomate, é um republicano dos quatro costados. E o tio Manecas passa a mão na arreata de uma burra espanhola.

Deu-me vontade de rir.

– Burra espanhola? Burro também tinha passaporte?

– Espanhola é uma raça de burros alentados, quase do tamanho de mulas. Pois a burra está com o cio e por isso o saloio não quer que o tio Manecas a leve. Mas o tio insiste, promete manter a burra sempre no fim da fila, lá convence o saloio, lá monta e parte. Cumpre a promessa até meio da caminhada. Mas depois dá-lhe a macaca, três vezes espeta os chanatos na pança da burra. Ela começa a trotar, ultrapassa a todos pela esquerda, o tio Manecas guina as rédeas p’rá direita  e encaixa a besta mesmo à frente do jumentinho do padre. Está-se mesmo a ver o resultado do petisco a passar pelas
ventas do bichinho. Começa a zurrar, estende três metros de piça, levanta as patas dianteiras, apoia-as nos quartos traseiros da burra espanhola, tenta acavalá-la. Pequenino como é, vai quase à vertical e, em consequência, lá se vai o homem de Deus por ali abaixo, escorregador asnático, bate-cu no chão de urtigas. De gorjeta, ainda leva um coice na boca do estômago. Gargalhada coletiva e masculina, risadinhas furtivas das senhoras, leques e abanos são bom disfarce. O Padre enfurece-se, manda a Florbela desmontar e os dois regressam a pé à casa que tinham alugado na Sapataria. Não se importa com a irmã mais velha, essa ninguém atacaria…
        
    

In QUERENÇA


Não foram detectados vírus nesta mensagem.

Leave a Reply