PORTAS DE RÓDÃO – por Fernando Correia da Silva

Um Café na Internet

 – Portas de Ródão! O Tejo apertadinho por aqueles dois rochedos imensos… É linda, esta paisagem.

– Para mim é feia.

– Mas porquê?

– Sou muito velho.

– E a idade transforma o bonito em feio?

– É a memória, só a memória.

– Que memória?

– Há muito tempo, ali pesquei defuntos encalhados nos rochedos.

– Que defuntos?

– Espanhóis.

– Que espanhóis?

– Republicanos que os franquistas fuzilaram e depois lançaram ao Tejo.

– Valha-nos Deus!

– A eles não valeu, coitados… Bonita paisagem, não é?

1 Comment

Leave a Reply